quarta-feira, 3 de novembro de 2010

A crise torna-nos mais sensíveis a estas tremendas injustiças

É bom saber:

Os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham cerca de metade (55%) do que se ganha na zona euro, mas os nossos gestores recebem, em média:
– mais 22,5% do que os franceses;
– mais 32,0% do que os americanos;
– mais 55,0% do que os finlandeses;
– mais 56,5% do que os suecos.
(Dados de Manuel António Pina, Jornal de Notícias, 24/10/09).

O nosso Governador do Banco de Portugal ganha mais que o seu homólogo do Tesouro Americano... mais que o Presidente Barak Obama!

Há dias o Conselho da Europa revelou que os juízes portugueses em final de carreira (no Supremo Tribunal) ganham, em Portugal, 4,2 vezes mais do que o salário médio bruto nacional, à frente de países como a Bélgica, França, Finlândia, Noruega, Suécia, Áustria, Holanda, Dinamarca ou Alemanha (com um rácio de apenas 2,1).


Depois vêm-nos dizer que os portugueses gastam acima das suas possibilidades.
Por alguma razão o dinheiro dos nossos impostos evapora-se.
In O Amigo do Povo

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.