sexta-feira, 22 de março de 2019

Quer ajudar Moçambique? Saiba como

Quer ajudar Moçambique? Saiba como
A passagem do ciclone Idai pelo centro de Moçambique, e as cheias que se seguiram, deixaram um rasto de destruição e já provocaram, desde quinta-feira, dia 14, mais de 200 mortos. De organizações a clubes de futebol, passando pelos donativos individuais ou coletivos, seja em bens ou em dinheiro, são várias as entidades que já se disponibilizaram para ajudar.
Quer ajudar?
Veja AQUI como fazer


quarta-feira, 20 de março de 2019

Um Governo "em família"...

Image result for governo de costa
Diz o velho ditado: “À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta” .
Tem andado na comunicação social muito burburinho sobre as relações familiares e/ou amicais que existem no  governo  do PS, apoiado parlamentarmente pelo Bloco e PCP. Também noutras instâncias do poder se aborda esta questão…
Não está em causa a competência das pessoas e legalmente nada parece impedir que tal aconteça.  Mas recordamos que em 2017, a França aprovou uma lei anti-nepotismo para impedir governos familiares. Parece que em Portugal só se apela a exemplos estrangeiros quando é para "exigir aos cidadãos". Quando se trata de governantes, nem com um dedo querem tocar em tais exemplos.
Segundo li aqui, já "há mais de 20 relações familiares entre Governo e Estado."
Ui, se fosse um governo da Direita a fazer tal coisa, até as pedras gritavam de indignação!  Assim, embora haja afloramentos do tema na comunicação social, o assunto não assume tal dramatismo… Critérios.
Mas só há competência no âmbito dessas relações familiares/amicais? O Governo desconfio do resto das pessoas competentes que existem no país? Falta poder de recrutamento ao Governo?
Claro que, muitas vezes, é mais agradável trabalhar nestes cargos. Ordenado certo, mordomias, carro do Estado, etc. Mas só faria bem a quem governa uma experiência na vida comum de todos os cidadãos.  Não precisaremos tanto de políticos de carreira, mas de políticos que assumam o palco vindos do trama da vida.
Impressões
Não tenho competências nesta matéria, apenas um olhar de pessoa comum. Mas dá-me a impressão que estamos num braseiro vivo coberto de uma camada de cinza. A situação do país pode ser  muito mais grave do que aquela que os governantes nos apresentam. Oxalá esteja enganado!
Com uma comunicação social, em geral, muito tolerante para com o governo, penso que há muita coisa que não é devidamente escalpelizada. Muita coisa  nos escapa. A situação económica, por baixo das cinzas macias que nos são dadas a conhecer, pode estar num braseiro vivo.
Reformas, nem vê-las! Investimento público, onde para? Dívida pública monstruosa…
E depois é assim: "ninguém pode dar o que não tem". Se não produzimos, como podemos distribuir? À custa de mais endividamento que as gerações futuras terão que pagar?

domingo, 17 de março de 2019

19 de março: Solenidade de São José e Dia do Pai

São José foi o pai adotivo de Jesus Cristo e o marido de Nossa Senhora, segundo o Novo Testamento.
Descendente de David e carpinteiro de profissão, José de Nazaré tornou-se num modelo de pai e de marido, um protetor da família, que aceitou a tarefa misteriosa de criar e amar um filho que não era seu e que um dia salvaria o mundo.
José acolheu a vontade divina e tornou-se o patrono da Igreja. Ele é também o padroeiro dos trabalhadores, dos carpinteiros, dos pais e das famílias.
Pensa-se que São José tenha  falecido antes de Jesus, uma vez que o Salvador confiou  a sua mãe aos cuidados de São João por altura da sua crucificação.


Oração a S. José
 
São José, alegres louvamos vosso exemplo
de doação paternal ao nosso amado Jesus.
Homem da obediência e do silêncio,
ensinai-nos por vosso exemplo a colocarmos
nossa confiança nas mãos do Pai Celestial.

 
Não nos desamparai nas quedas,
e assim, como não deixastes Jesus abandonado,
caminhai connosco, intercedendo a Deus por nós.

 
Nas angustias, ouvi-nos;
nos perigos, defendei-nos;
na dor, fortificai-nos;
na tristeza, dai-nos esperança;
nas tempestades, acalmai-nos!

 
Castíssimo São José,
ensinai-nos a zelar pela nossa família
com amor constante e cuidado diário.
Livrai nossas famílias dos perigos espirituais e temporais,
e acompanhai-nos com vossa constante proteção.
 Amen.


DIA DO PAI

Presença de Pai
Resultado de imagem para filho cuida do pai
“Pai
A tua presença constante
O olhar, às vezes, distante
Me fazem te admirar
O teu abraço apertado
Mãos firmes e sempre ao meu lado
Me dão forças pra caminhar
O teu sorriso ilumina
A tua voz me fascina
Me acalma nas horas de dor
Amigo, herói, companheiro
Sincero, leal, verdadeiro
O meu exemplo de amor
Hoje eu quero te agradecer
Ter me dado o dom de viver
De ser forte, crescer e lutar
Quero dar-te um abraço bem forte
E sorrir bem feliz pela sorte
De ser teu filho e poder te abraçar…”

 Leonardo André


Senhor, pedimos o descanso e paz eternos para todos os pais que já partiram deste mundo.
Senhor, obrigado pelo dom da paternidade.
Como é bom ter um pai que é referência de valores, exemplo de vida, fortaleza apoio em todos os momentos, amor e estímulo nas nossas fraquezas...
Parabéns a todos os pais!

terça-feira, 12 de março de 2019

Há tantas coisas boas em Portugal e nos portugueses!





Quando os portugueses falam  de Portugal e dos Portugueses, a tendência é para dizer mal. O Estrangeiro é que é bom.
Há tantas coisas boas em Portugal e nos portugueses!
A comunicação social explora até ao tutano os aspetos negativos da nossa vida pessoal e social.
E o pior é que isso vende! Não é por acaso que o "Correia da Manhã" e a "CMTV" têm as audiências que têm.
As  notícias positivas  passam ao lado. Escândalos, violência, mortes, corrupção, espionagem da vida pessoal, traições, crítica pela crítica, etc, é que enchem "o papo" aos consumidores de informação.
Vejamos outro caso. Há imensos programas desportivos nas televisões. Quantos se preocupam em analisar, explicar a beleza da jogada, a estratégia da equipa, a inteligência do plano, a criatividade dos jogadores? Na maioria das vezes ficam-se pela discussão da arbitragem, fulanização das polémicas, exploração da animosidade clubística, exploração saturante das afirmações polémicas dos responsáveis clubísticos e de atividades duvidosas. 
Porquê? Os meios de comunicação social sabem que estas coisas é que trazem audiências.
Então o problema está nos consumidores de informação. Deixando de ver certos programas, eles acabam.


Olhem que há muito de bom para ser anunciado e debatido. Só dois casos.
- Portuguesa eleita a melhor aluna do mundo
- A portuguesa Sílvia Nunes foi eleita a melhor enfermeira do Reino Unido

domingo, 10 de março de 2019

Inauguração do Parque de Alcácima

O Morro de Alcácima é mítico, as memórias que todos dali temos são eternas e são parte do nosso passado. O renascimento deste espaço faz-nos voltar a tempos passados e desejar criar ali novas memórias.
A Alcácima renovada é um orgulho para todos e o mote para mais e melhor reabilitação do centro urbano.
A Alcácima renovada, engrandece a cidade, orgulha os tarouquenses, aumentará a visitação e será certamente um espaço de muita partilha e de boas experiências.
Oxalá este belo espaço seja por todos apreciado e utilizado e NUNCA ali tenham lugar atos de vandalismo.

A Cerimónia de Inauguração do Parque de Alcácima, Presidida pelo sr. Secretário de Estado da Valorização do Interior, Eng. João Paulo Marçal Lopes Catarino, teve lugar em 10 de março.
Pelas 15h, foi celebrada a Eucaristia do 1º Domingo da Quaresma na capela de Nossa Senhora dos Prazeres, belamente animada  pela Associação Filarmónica de Tarouca e o Coro  Benedictus.
Depois, no coro de Alcácima e com um belo panorama da cidade de Tarouca aos pés,  teve  lugar um momento musical pela Associação Filarmónica de Tarouca.
Seguidamente, procedeu-se ao descerramento da Placa Inauguração, seguida da intervenção do Sr. Presidente da Câmara, Valdemar Pereira, sr. Presidente da Assembleia  Municipal, Dr. Rui Pereira, sr. Presidente da Junta, Rui Raimundo e sr. Secretário de Estado da Valorização do Interior, Eng. João Paulo Marçal Lopes Catarino.
Seguiu-se um animado e concorrido piquenique.

sábado, 9 de março de 2019

Quem vende acha sempre barato. Quem compra acha sempre caro.

Resultado de imagem para vende-se casa
É sempre assim. Quem vende acha sempre barato. Quem compra acha sempre caro.
Ouve-se muitas vezes que os preços das casas e dos terrenos nesta região estão demasiado elevados em relação aos rendimentos dos possíveis compradores.  "São preços à moda de Lisboa, mas isto não é Lisboa", comenta-se.
Sim, também nos parece que os preços pedidos estão longe da realidade económica local. Muito elevados, no geral. Esta nossa região não é o Porto, muito menos Lisboa, e ainda menos Paris, Berlim ou Londres.
Se a casa à venda é para demolir e reconstruir, paga-se  três vezes: espaço, demolição, reconstrução. Se a casa é para conservar, mas exige obras de conservação e melhoramentos, ao preço da habitação há que acrescentar o dos referidos melhoramentos - isolamentos, aquecimento, vidros duplos, etc, etc. E quem vende nem sempre - poucas vezes - tem em conta estes factores de encarecimento da casa.
Com os terrenos passa-se algo de semelhante. Se são terrenos agrícolas, não se tem em conta que a agricultura está pelas horas da morte; se são terrenos para construção, não se pondera que o elevado custo dos mesmos encarece imenso a obra.
Compreendendo as razões de quem vende, há que ser realista pôr os pés no terreno desta região...

Sopé da Montanha, a visita mensal de um amigo

Sopé da Montanha está aí.
Amigo que nunca se cansa de bater mensalmente à sua porta.
Deixe-o entrar!
Leia-o!
Assine-o!
Divulgue-o!
Ele agradece.

sexta-feira, 8 de março de 2019


Parabéns, Mulheres! Obrigado, Mulheres!

Mulher,
Mãe,
Esposa,
Namorada,
Filha,
Neta,
Avó,
Amiga…
Pedimos compreensão pelo traço que, no cartaz, atravessa a palavra "Mulher". Desejamos que nunca mais possa existir. Ele significa os atentados contra a dignidade das mulheres cometidos no mundo inteiro. Mortes, maus-tratos, ofensas, discriminações, sofrimentos, abandonos…
Queremos um mundo onde a Mulher possa ser … simplesmente Mulher!

quinta-feira, 7 de março de 2019

“A criação encontra-se em expetativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus”

Na sua mensagem para a Quaresma 2019,  o Papa lança um apelo à “conversão” na relação da humanidade com a natureza, levando a estilos de vida mais solidários e ecológicos.
Resultado de imagem para Papa francisco e a natureza
“Quando não vivemos como filhos de Deus, muitas vezes adotamos comportamentos destruidores do próximo e das outras criaturas – mas também de nós próprios –, considerando, de forma mais ou menos consciente, que podemos usá-los como bem nos apraz.”
“Quando não vivemos como filhos de Deus, muitas vezes adotamos comportamentos destruidores do próximo e das outras criaturas – mas também de nós próprios –, considerando, de forma mais ou menos consciente, que podemos usá-los como bem nos apraz.” Resultado de imagem para Papa francisco e a natureza

quarta-feira, 6 de março de 2019

O jejum que agrada a Deus

Resultado de imagem para o jejum que agrada a Deus
Eis o que diz o Senhor Deus:
«Clama em altos brados sem cessar,
ergue a tua voz como trombeta.
Faz ver ao meu povo as suas faltas
e à casa de Jacob os seus pecados.
Todos os dias Me procuram
e desejam conhecer os meus caminhos,
como se fosse um povo que pratica a justiça,
sem nunca ter abandonado a lei do seu Deus.
Pedem-Me sentenças justas,
querem que Deus esteja perto de si e exclamam:
‘De que nos serve jejuar, se não Vos importais com isso?
De que nos serve fazer penitência, se não prestais atenção?’
Porque nos dias de jejum correis para os vossos negócios
e oprimis todos os vossos servos.
Jejuais, sim, mas no meio de contendas e discussões,
e dando punhadas sem piedade.
Não são jejuns como os que fazeis agora
que farão ouvir no alto a vossa voz.
Será este o jejum que Me agrada
no dia em que o homem se mortifica?
Curvar a cabeça como um junco, deitar-se sobre saco e cinza:
é a isto que chamas jejum e dia agradável ao Senhor?
O jejum que Eu quero não será antes este:
quebrar as cadeias injustas,
desatar os laços da servidão,
pôr em liberdade os oprimidos,
destruir todos os jugos?
Não será repartir o teu pão com o faminto,
dar pousada aos pobres sem abrigo,
levar roupa aos que não têm que vestir
e não voltar as costas ao teu semelhante?
Então a tua luz despontará como a aurora
e as tuas feridas não tardarão a sarar.
Preceder-te-á a tua justiça
e seguir-te-á a glória do Senhor.
Então, se chamares, o Senhor responderá;
se O invocares, dir-te-á: ‘Aqui estou’.
Se tirares do meio de ti toda a opressão,
os gestos de ameaça e as palavras ofensivas,
se deres do teu pão ao faminto e matares a fome ao indigente,
brilhará na escuridão a tua luz,
e a tua noite será como o meio-dia.
O Senhor será sempre o teu guia
e saciará a tua alma nos lugares desertos.
Dará vigor aos teus ossos,
e tu serás como jardim bem regado,
como nascente cujas águas nunca secam.
Reconstruirás as ruínas antigas,
levantarás os alicerces seculares.
E chamar-te-ão ‘reparador de brechas’,
‘restaurador de estradas, para se poder habitar’».
(Bíblia,  Livro de Isaías 58, 1-12)

segunda-feira, 4 de março de 2019

Esta vida são dois dias. O Carnaval, são três...


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, noite e ar livre
Provérbios sobre o carnaval
 À terça-feira de carnaval, segue-se a quarta-feira de cinzas.
Alegrias, entrudo, que a amanhã serás cinza".
Carnaval na eira, Páscoa à lareira....
Carnaval na rua, Páscoa em casa.
Do Carnaval à Páscoa vão sete semanas.
É carnaval ninguém leva a mal.
Em dia de Entrudo não há querela.
Entrudo borralheiro, Páscoa soalheira.
Esta vida são dois dias. O Carnaval, são três.
Não há Entrudo sem Lua Nova nem Páscoa sem Lua Cheia.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Máscara de Carnaval
"Como te quero e admiro
Máscara de Carnaval ...
Máscara querida,...
Porque não és fingida ...
Tu não mentes,
Dizes o que sentes,
És o que és ...
Fica conosco
O ano inteiro;
Ensina o homem
A ser verdadeiro;
Tapa-lhe a cara
De máscara disfarçada,
Que faz do mundo actual,
Um terrivel
E constante Carnaval."
(Maria Alice Fonseca)



sábado, 2 de março de 2019

E o Carro do Ano 2019 é...

O Peugeot 508 foi eleito Carro do Ano em Portugal. O familiar da marca francesa conquista este prémio pela segunda vez e foi ainda escolhido como o melhor Executivo à venda no mercado português.

 Derrotou, na fase final, outros seis concorrentes: Audi A1, DS7 Crossback, Hyundai Kauai elétrico, Kia Ceed, Opel Grandland X e Volvo V60.
Para lá do Peugeot 508, o júri elegeu os melhores produtos em diferentes categorias:
· Citadino do Ano - Audi A1 1.0 TFSI 116 CV
· Familiar do Ano - Kia CEED Sportswagon 1.6 CRDi 136 CV
· Executivo do Ano - Peugeot 508 2.0 BlueHDI 160 CV
· Grande SUV do Ano - Volkswagen Touareg 3.0 TDI 231 CV
· SUV Compacto do ano - DS7 Crossback 1.6 Puretech 225 CV
· Ecológico do Ano - Hyundai Kauai EV 4x2 elétrico

sexta-feira, 1 de março de 2019

Quando a provocação a um cão descambou em incumprimento da promessa

Resultado de imagem para senhora da lapa
Resultado de imagem para senhora da lapa
Já lá vão 54 anos. Fá-los em 2019.
Um familiar meu devia uma promessa a Nossa Senhora da Lapa. A pé,  pão e água e sem falar. Manifestou vontade de que eu o acompanhasse. Uma outra pessoa amiga  também devia uma promessa, a pé, mas sem os rigores do meu familiar.
Naquela altura, os peregrinos sabiam muito bem os percursos a seguir para tornar mais rápida a chegada e vencer os 52 km de distância.
Mapa de Arneirós, Lamego para Santuário Nossa Senhora Da Lapa, Santuário de Nossa Senhora da Lapa, 3640-170
Alta noite, partimos da terra em direcção ao Santuário. Amanheceu-nos em plena Serra da Nave. Já cansado, pezitos doridos, esgotados os temas de conversa com o único companheiro que podia falar comigo, como criança procurei algo que me aliviasse a caminhada. Um grande rebanho era também guardado por dois enormes cães cujo aspecto medonho retenho. Dois Serra da Estrela. Meti-me com os canídeos, provoquei-os. Assustado o meu familiar, que ia à frente, virou-se para trás e repreendeu-me: "Se eles te mordem….". De imediato caiu em si e deitou as mãos à cabeça. Lembrou-se da promessa, não podia falar.
Chegámos a Nossa Senhora da Lapa ainda a tempo de participar na novena da tarde. Igreja à pinha. Para infernar o sofrimento dos meus pés, tinha que continuar em cima deles, pois não havia onde me sentar. O pregador, que demorou cerca de uma hora no sermão, alternava o gongorismo da linguagem com longas tiradas em Latim. Tudo, logicamente, me passava ao lado e só atormentava mais o meu cansaço, a minha sede, a minha vontade de me sentar.
Finda a novena, o meu familiar correupara a sacristia, levando-me com ele, porventura para apresentar ao vivo o grande responsável pela quebra na sua promessa.
- Senhor cónego, pode fazer o favor de me atender?
- Senhor cónego!!! Ó homem,já sou Monsenhor há não sei quantos anos!
- Desculpe, senhor Monsenhor, não sabia. Peço perdão.
Não me recordo da sentença proferida pelo referido cónego-que-já-era-Monsenhor-há-não-sei-quantos-anos. Não sei se fui declarado réu, se a promessa fora ou não dada como cumprida.
Recordo sim que à noite lá conseguimos arranjar um cantinho numa loja de piso térreo, onde uma fina camada de palha acolhia os corpos cansados dos muitos peregrinos. Nunca "uma cama" me soube tão bem!
No dia seguinte, cedo, toca para a novena da manhã. Mas aí ziguezagueei pelo meio da multidão e fui-me sentar no estrado de um dos altares laterais, fazendo sinal com a mãozita aos meus acompanhantes que anuíram através de um gesto de cabeça. Maravilha, tapado pelas muitas pessoas, sentadito no estrado, aquilo é que foi uma soneca durante toda a novena!... O gongorismo e as tiradas em Latim do cónego-que-já-era-Monsenhor-há-não-sei-quantos-anos, funcionaram como embalo para o meu sono.
Ainda hoje me sabe bem o pão e o queijo da Senhora da Lapa que comemos a seguir à novena. Manjar mesmo, tal era a fomita!
Cumpridas as promessas, feitas as orações, comprado o queijo e o pão para trazer para a família, pusemo-nos de novo a caminho. Descemos pelo Granjal rumo à estrada nacional para apanhar a camioneta. Como os tempos eram de imensa poupança e a tal camioneta não aparecia,  continuamos a dar corda aos sapatos, porque quanto menos andássemos  de autocarro mais barata seria a viagem. Imaginem, recordo-o muito bem, apanhámos a camioneta em Vila da Rua.
O tempora, o mores!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Há épocas assim...

Nos finais de 2018 e nestes inícios de 2019, têm sido muitos os funerais nesta comunidade.
Costumo dizer, fruto da experiência, que é capaz de surgir um tempo, mais ou menos extenso, sem qualquer funeral. Mas se surge um, parece que tem íman, atrai logo um série deles a seguir. É o caso.
Acontece que, em certas ocasiões, se realiza no mesmo dia um funeral num povo da paróquia e Missa de 7º dia noutro povo da mesma paróquia.
Estes dois primeiros dias da semana confirmam o que acabo de dizer.
Paz  eterna a quem partiu; ajuda divina para quem, com o coração ferido,  viu partir um familiar ou amigo.
"Não vivemos para morrer, mas morremos para viver".

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Tanta guerra por algumas coisas e tanto silêncio por outras! Porque será?

ESTA NÃO ESTOU A PERCEBER…
A imagem pode conter: texto
Nenhuma descrição de foto disponível.
O governo diferencia o salário mínimo nacional entre o público e privado...
Mas há filhos e enteados? Não são todos portugueses?
E as pessoas calam-se?...
Tanta guerra por algumas coisas e tanto silêncio por outras! Porque será?

O salário mínimo nacional é claramente insuficiente para os cidadãos poderem ter um nível de vida com qualidade satisfatória.
Aliás um desenvolvimento assente em salários baixos é insustentável.
Urge caminhar para a justiça social, combatendo a desigualdade. Os salários desempenham neste combate um papel fundamental.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

A população de todo o país está contaminada com glifosato

O glifosato é o herbicida mais vendido em Portugal, apesar das recomendações da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária para que “o glifosato não preencha a totalidade de critérios estabelecidos para a seleção de pesticidas”.
A Plataforma Transgénicos Fora (PTF) alertou, esta segunda-feira, o Governo para os elevados níveis de glifosato – substância cancerígena – em 100% das amostras de urina recolhidas. A PTF apela à proibição da venda de herbicidas à base dessa substância.
Veja aqui