quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Entre as 00.00 horas e as duas e meia da manhã, 90 mil crianças e jovens com idades compreendidas entre os 4 e os 14 anos, estão a ver televisão


 Um valor considerado alarmante pelos especialistas!
E os pais dormem, dormem, dormem...
 
Hoje li uma notícia que me chocou.
A medição de audiências em Portugal indica que há, em média, 89 820 crianças – dos 4 aos 14 anos – a ver televisão depois da meia-noite. Um valor considerado alarmante pelos especialistas. E não é para menos.

Conheço alguns casos de adolescentes que dizem entre os colegas que se levantam mansamente durante a noite – quando os pais já dormem sossegadamente – e ficam horas a ver televisão, decerto programas que nem os adultos deviam ver. E sei de um ou outro caso em que tais programas estragaram o futuro equilíbrio desses adolescentes.
 
No total, há milhão e meio de portugueses que, entre as 00.00 horas e as duas e meia da manhã, estão a ver televisão. Dentro daquele valor médio registado no mês de outubro, perto de 90 mil são crianças e jovens com idades compreendidas entre os 4 e os 14 anos.
"Olho para estes números com surpresa e aflição", declara Eduardo Sá, psiquiatra de crianças.
Este especialista teme que tal valor na medição de audiências possa significar uma ausência de acompanhamento por parte dos adultos. "Significa que os pais, em suaves prestações, se demitem de ser pais. E isso é um perigo. Grave", sustenta.
Calculo que muitas destas crianças até tenham um televisor no seu quarto. Pois Portugal está entre os três países com mais televisões. Pelo menos um estudo do Eurobarómetro revela que apenas 1 por cento dos portugueses não têm televisor dentro de casa. À frente de Portugal só mesmo a Grécia e o Chipre. O estudo refere que 15 por cento das habitações têm, em simultâneo, aparelhos normais e de grandes dimensões (ecrãs gigantes).
Que esta referida medição de audiências acorde os pais. Pelo menos os que têm verdadeiro amor aos filhos!
Fonte: O Amigo do Povo

Sem comentários: