domingo, 14 de outubro de 2012

PENSAMENTOS SOBRE A FÉ - II

A FÉ EM JESUS
“A fé cristã é sobretudo um encontro com Jesus […].”
Audiência Geral, 3 de outubro 3e 200

 
Novidade e unicidade
“A fé abre-nos para conhecer e receber a identidade real de Jesus, a sua novidade e unicidade, a sua Palavra, como fonte de vida, a fim de viver uma relacão pessoal com Ele.”
AngeIus, l4 de agosto de 2011

Relação
“[A fé] não é a simples aceitação dumas verdades abstratas, mas uma relacão íntima com Cristo que nos leva a abrir o nosso coração a este mistério de amor e a viver como pessoas que se sabem amadas por Deus.”
Homilia, 20 de agosto cio 2011

 Adesão
“A fé não se limita a proporcionar alguma informação sobre a identidade de Cristo, mas supõe uma relação pessoal com Ele, a adesão de toda a pessoa, com a sua inteligência, vontade e sentimentos, à manifestação que Deus faz de Si mesmo.”
Homilia, 21 de agosto de 2011

Fé e seguimento
«Fé e seguimento de Cristo estão intimamente relacionados. E, dado que supõe seguir o Mestre, a fé tem de se consolidar e crescer, tornar-se mais profunda e madura, à medida que se intensifica e fortalece a relação com Jesus, a intimidade com Ele.”
Homilia, 21 de agosto de 2011

Crer
“[…]a fé não é uma teoria. Crer significa entrar numa relação pessoal com Jesus e viver a amizade com Ele em comunhão com os demais, na comunidade da Igreja. Confiai a Cristo a vossa vida e ajudai os vossos amigos a alcançar a fonte da vida, Deus. Que o Senhor vos torne testemunhas alegres do seu amor.”
Angelus, 21 de agosto de 2011

Fé numa Pessoa
“O conhecimento da fé cresce com o desejo de encontrar a estrada e, enfim, é um dom de Deus que se nos revela não como algo abstrato sem rosto nem nome, mas a fé corresponde a uma Pessoa, que quer entrar numa relação de amor profundo connosco e envolver toda a nossa vida.”
Angelus, 14 de agosto de 2011

Compromisso
“A fé não significa somente aceitar um certo número de verdades abstratas acerca dos mistérios de Deus, do homem, da vida, da morte e das realidades futuras. A fé consiste num íntimo relacionamento com Cristo, uma relação fundamentada no amor d’Aquele que nos amou primeiro (cf. Jo 4, 11), até a oferta total de Si mesmo.”
Homilia, 26 de maio de 2006

Encontro
“[…]a fé é antes de tudo encontro pessoal, íntimo com Jesus, é fazer a experiencia da sua proximidade, da sua amizade, do seu amor, e só assim se aprende a conhecê-l’O cada vez mais a amá-l’O e a segui-l’O sempre mais.”
Audiência General,
21 de outobro de 2009
 
União mística
“A fé […], mesmo unindo-nos intimamente a Cristo, realça a distinção entre nós e Ele. Mas, segundo Paulo, a vida do cristão tem também um componente que poderíamos dizer ‘místico’, porque obriga a uma identificação com Cristo e de Cristo connosco.”
Audiência Geral,
8 de Novembro de 2006

«Dá-nos fé.»
“[…] também nós somos chamados a crescer na fé, a abrir-nos e receber com liberdade o dom de Deus, a ter confiança e bradar a Jesus: “dá-nos fé, ajuda-nos a encontrar o caminho!”.
Angelus, 14 de agosto de 2011

Palavras-chave
“A fé é uma caminhada conduzida pelo Espírito Santo que se resume em duas palavras: conversão e seguimento.”
Discurso, 11 de maio de 2007

Unidade na fé
“É preciso o nosso esforço comum no caminho rumo à plena unidade, mas estamos sempre bem conscientes de que não podemos ‘fazer’ a fé nem a unidade tão almejada. Uma fé criada por nós mesmos não tem valor algum, e a verdadeira unidade é sobretudo uma dádiva do Senhor, que rezou e reza sempre pela unidade dos seus discípulos. Só Cristo pode conceder-nos esta unidade, e estaremos cada vez mais unidos na medida em que voltarmos para Ele e nos deixarmos transformar por Ele.”
Audiência Geral.
28 de setembro de 2011

O Ano da Fé
“[…] o Ano da Fé é convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo. No mistério da sua morte e ressurreição, Deus revelou plenamente o Amor que salva e chama os homens à conversão de vida por meio da remissão dos pecados (cf. Act 5, 31).”
Carta apostólica Porta Fidei, nº 6

Sem comentários: