sábado, 30 de abril de 2016

Os críticos da praça

Há quem critique com conhecimento de causa e o faça para com a intenção de ajudar as melhorar as coisas.
Há quem critique mas sem deixar de colaborar.
Há quem  faça da crítica o seu modo de estar na vida, criticando  toda a gente mesmo quando pouco ou nada conhece sobre os assuntos que critica.
Há quem critique para agradar, mas receber aplausos, achando-se o melhor, o mais engraçado, o mais popular.
Há quem critique porque ouviu criticar.
Há quem critique para se defender a si mesmo de participar, partilhar e ajudar.
Há quem critique para esconder a má consciência.
Há quem critique por vício ou mania doentia.
Há quem critique sem se informar, só porque sim...


"Antes que fales, pensa no que dizes."
"A boca fala da abundância do coração."
"Só tem autoridade para criticar quem tem disponibilidade para colaborar."

Sem comentários: