sexta-feira, 22 de outubro de 2010

UMA SUGESTÃO DE PEDAGOGIA VINDA DO JAPÃO

Hoje em dia, pode faltar união. Mas o que não faltam são reuniões.

Conta-se até que o patriarca de Lisboa terá ironizado que, quando Jesus voltar, pode não nos encontrar unidos. Mas, muito provavelmente, encontrar-nos-á reunidos!

É claro que as reuniões são necessárias, mas estão a tornar-se excessivas e, sobretudo, infecundas.

O mais sintomático é que, quanto mais estéreis, tanto mais se repetem. De facto, quando uma reunião é inconclusiva, o mais normal é...marcar-se outra reunião.

Parece que no Japão já descobriram o logro de muitas reuniões. E, nesse sentido, a tendência é para que as reuniões decorram de pé.

Pelo menos, há uma probabilidade muito maior de serem mais breves!

Fonte: aqui

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.