quarta-feira, 13 de outubro de 2010

"Agarrei-me a Deus, peguei na melhor mão"

A cápsula de resgate acabou de trazer à superfície o 8.º mineiro. Claudio Yañez, de 34 anos, acabou de sair da cápsula e abraçar a mulher que ansiava pela sua saída. A operação das autoridades chilenas está a ser um sucesso.

Chegou finalmente o dia tão esperado pelos mineiros chilenos. Os 33 homens ficaram soterrados a 700 metros de profundidade quando um muro de sustentação colapsou a 5 de agosto. A operação de resgate é delicada e envolve 16 pessoas, membros das forças especiais do exército chileno, médicos, mineiros e engenheiros.
(In Record)

"Estive com Deus e com o diabo", diz mineiro resgatado
Mario Sepúlveda, foi o segundo mineiro a ser resgatado da mina de São José, no norte do Chile. Tal como os outros, saiu de óculos escuros, mas a euforia do regresso à superfície destacou-se. Foi o único até agora a falar à imprensa: " Estive com Deus e com o diabo", disse o electricista.
"Estive com Deus e estive com o diabo. Agarrei-me a Deus, peguei na melhor mão. Sempre soube que Deus nos iria salvar", disse o mineiro de 39 anos.
Mario Sepúlveda foi o primeiro mineiro a dar uma entrevista após o resgate iniciado na madrugada de hoje.
"Não nos tratem como artistas nem jornalistas. Quero ser tratado como mineiro", completou o electricista.
Extrovertido e eufórico, fez as declarações ao lado da esposa e dos dois filhos após o exame médico inicial na mina San José, pouco depois do resgate.
Sepúlveda agradeceu também à equipa de resgate. "Eles recuperaram-nos; nós entramos com a loucura, a experiência, mas todo o resto foi feito pelos profissionais".
"A vida tratou-me de maneira dura, mas aprendi", concluiu o mineiro.
(In SAPO/AFP)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.