sábado, 17 de dezembro de 2011

Ceias de Natal

Proliferam um pouco por todo o lado. Não há empresa, associação, escola,  autarquia, grupo de amigo que as não realizem.
Há até que diga que a CONSOADA perde sabor com tantas ceias...
Mas elas têm o seu valor. Estreitam laços, sedimentam amizades, reforçam a camaradagem, expandem alegria.

Ontem realizou-se a ceia de Natal da Junta de Freguesia num restaurante da zona. Correu muito bem. Houve alegria serena, bom espírito empático, simplicidade e amizade.
Hoje tiveram ligar as ceias dos Bombeiros e da Santa Casa. Porque tive que celebrar Missa na Santa Casa, não me foi possível estar nos Bombeiros como gostaria. É sempre fantástico o espírito que se vive nesta altura nos Bombeiros.
Depois de uma tarde recreativa bem conseguida, teve lugar a Eucaristia animada por funcionários da Santa Casa. Seguiu-se a ceia, já com a presença do senhor bispo, D. Jacinto. Na refeição, depois de uma palavra breve do Provedor e do Bispo, teve lugar a entrega de medalhas e diplomas às funcionárias que completaram dez anos de bom e efectivo serviço, gesto muito aplaudido pelos presentes.
Este ano, a ceia de Natal foi também o momento para o tradicional convívio das dezenas de funcionários da instituição.
Tudo correu em harmonia, boa disposição e simplicidade fidalga, terminando com a achegada dos "pais natal" para a distribuição de prendas.

Sem comentários: