quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

ESPIRAL EM RITMO CRESCENTE

É preocupante, e já vais nas imediações do alarmismo, esta onda de violência.
Pessoas que são assaltadas no multibanco. Pessoas que são agredidas em casa. Pessoas que são atingidas no seu local de trabalho.
Além do acto em si, há a registar o número de ocorrências. Porventura, a cifra vai aumentar.
A responsabilidade de quem comete estes actos não pode ser esquecida. Mas as causas últimas envolvem também as políticas que têm vindo a ser seguidas.
Bertold Brecht alertou em tempos: «Do rio que tudo arrasta se diz que é violento. Mas ninguém diz violentas as margens que o comprimem».
O poder comprime, asfixia, abafa. Há quem não aguente e despeje a revolta sobre quem não tem culpa!
Fonte: aqui
Políticos, cumpri o que prometestes!
Na última campanha eleitoral, duas tónicas sobressaíram na proposta do CDS: aposta na agricultura; aposta na segurança dos cidadãos e seus bens.
Ora o CDS está no governo e até agora... Nada! A agricultura continua entregue à sua apagada e vil tristeza. A insegurança não pára de aumentar. Que diz a isto o CDS?

1 comentário:

Armando Gouveia disse...

Sócrates enterrou o futuro do país comprometendo as receitas de mais de meio século e contraindo dívidas que pagaremos ao longo de muitas décadas.
Sócrates 2.0 segue-lhe os passos. Ainda há quem esteja plenamente convencido que ficámos a ganhar com a troca.
Quanto ao sr. do CDS estará a fabricar outro caso da tipologia submarinos com a venda da EDP.Enfim precisamos urgente de uma vacina contra a Troika.

Muita paz.

Armando Gouveia