sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Neste Natal, não se permita a crise dos gestos...


 - Há quanto tempo não diz ao seu marido/à sua esposa que o/a ama?
- Há quanto tempo não diz ao seu pai/sua mãe que o/a ama?
- Há quanto tempo não diz ao seu filho/filha que o/a ama?
...
- Há quanto tempo não diz ao seu avô/avó que o/a ama?
- Há quanto tempo não diz ao seu neto/neta que o/a ama?
- Há quanto tempo não diz ao seu amigo/amiga que o/a ama?

Na crise material em que o Natal mergulhou, que sobressaia a riqueza espiritual, o belo e o bom que há em cada pessoa.
E não serão gestos, mais do que prendas, o que realmente apreciam os que ama???

1 comentário:

Anónimo disse...

E JÁ AGORA ACRESCENTE Á LISTA, SE FAZ FAVOR:

«HÁ QUANTO TEMPO K NÃO DIZ AO SEU PARACO K O ADMIRA...K LHE ESTÁ GRATO(A) POR AQUELAS PALAVRAS BONITAS K OUVE EM MOMENTOS DE MAIOR TRISTEZA/AFELIÇÃO?!»
FELIZ PATAL!
ABRAÇO BLOGUEIRO DA ProfAnonima!:)