domingo, 25 de dezembro de 2011

Autoridades desconfiam dos fundamentalistas islâmicos

Explosão em igreja católica mata pelo menos dez

A explosão de uma bomba no interior de uma igreja católica durante a noite de Natal fez pelo menos dez mortos na Nigéria. O atentado ainda não foi reivindicado, mas as autoridades desconfiam dos fundamentalistas islâmicos do grupo Boko Haram, responsável por outros ataques aos católicos, que são cerca de metade dos habitantes do país africano.

 A igreja de Santa Teresa, situada em Madalla, a 40 quilómetros da capital Abuja, estava cheia de fiéis no momento da explosão, o que contribuiu para tornar o atentado mais mortífero. Segundo a Reuters, os serviços de emergência não tinham ambulâncias suficientes para transportar todos os mortos e feridos.

As autoridades formaram um cordão de segurança em torno do local e tentaram dispersar dezenas de jovens que, logo a seguir ao ataque, tentaram bloquear a auto-estrada que liga Abuja ao norte da Nigéria, onde a maioria da população é muçulmana.

A intolerância religiosa na Nigéria tinha provocado 32 mortes na véspera de Natal de 2010, sendo esse o balanço de vários atentados bombistas.
 
Fonte: aqui

Sem comentários: