segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Pelo segundo ano consecutivo, o FC Porto diz adeus ao título a meio do campeonato


Talvez os jogadores à Porto estejam a ficar-se pela Taça da Liga...
Acreditei que o encontro com o Braga a meio da semana teria servido para que o grupo se unisse, ficasse mais forte, mais determinado e mais competente para as lutas que se avizinhavam. Afinal aquilo que eu vi esta tarde não confirmou essa minha expectativa.
O problema principal não parece estar nas arbitragens, mas dentro da equipa.
Por que razão se oferece quase sempre e de graça a 1ª parte dos jogos ao adversário? Por que razão continuamos a oferecer golos? Por que razão esta constante incerteza quanto ao comportamento da equipa? A seguir alguns jogos bons, volta a confusão... Por que razão não se afina a ligação meio-campo/ataque? Por que razão fracassamos continuamente perante equipas que oferecem um maior grau de dificuldade?
Por que razão bons jogadores parecem jogadores normalíssimos?
Atenção: a continuarmos assim, seremos ultrapassados pelo Sporting. Uma vergonha para tamanho investimento.
Já estão a ser demasiados erros seguidos no tocante à escolha de treinador... Será que os nossos adversários não terão razão quando falam em "fim de ciclo?"
Nunca esquecerei tudo o que de bom Pinto da Costa fez pelo Clube. Mas teremos que ver se não seria melhor para o mesmo Clube que abandonasse a "cadeira de sonho"...
Afinal na vida há tempo para tudo. A famosa estrutura tem demonstrado que já não é tão famosa assim.

Sem comentários: