terça-feira, 27 de setembro de 2011

NÃO SE TRATA DE PROMOVER UMA RELIGIÃO, MAS DE DEFENDER A LIBERDADE (entrevista de Joseph Weiler ao «Público»)

Judeu convicto, especialista em Direito Constitucional, Joseph Weiler defendeu perante o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos o direito de a Itália ter crucifixos nas paredes das escolas e o direito da França a não os ter. E diz que esse pluralismo europeu é que é bom. Ganhou por 15-2.

VALE A PENA LER A ENTREVISTA. AQUI

Sem comentários: