quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Novo ano escolar

Cerca de um milhão e meio de jovens e crianças está prestes a iniciar mais um ano escolar. Pelo número de alunos, vê-se que o regresso às aulas tem a ver directamente com grande parte dos portugueses: alunos, famílias, pessoal docente e não docente, etc..
E para além destes, todos beneficiamos ou somos prejudicados com o que se passa nas escolas. É que o que se passa nestas tem sempre reflexo na sociedade. Agora e no futuro.
A escola existe em função da educação dos alunos. E da sua preparação para a vida. E hoje os tempos são exigentes e só vence o que estiver bem preparado para aguentar o esforço que lhe é exigido
A escola tem de criar hábitos de disciplina e trabalho e parece que há muito a corrigir nestes aspectos. Reformas atrás de reformas não têm resolvido o problema. Desde logo porque o aproveitamento é muito deficiente. Em 2006, um quarto da população portuguesa entre os 18 e os 24 anos tinha abandonado o sistema de ensino sem ter sequer concluído a escolaridade obrigatória. Aos 15 anos, a taxa de desistência já é de sete por cento.
Fez-se algum esforço nos últimos anos mas há muito quem pense que se podia ter ido mais longe. "Trabalhou-se muito mas para as estatísticas", dizem.
Por outro lado parece que a escola não consegue educar para uma boa convivência social, desde logo na comunidade escolar. Ao todo, no ano lectivo 2009/2010 foram abertos 17 629 processos disciplinares, representando um aumento de 15,4% em relação ao ano anterior. Um crescimento que preocupa e que nos diz que as coisas vão muito mal no aspecto disciplinar.
Há pois um grande caminho a percorrer por todos os agentes da educação para que a escola funcione bem e seja motivadora para os que têm mais dificuldade no aproveitamento.
Há necessidade de um estudo aprofundado do problema e sua resolução. E depois era bom que todos os representantes dos interessados se sentassem a uma mesa e chegassem a alguns consensos. Para que as escolas, de uma vez por todas, cumprissem os objectivos.
In O Amigo do Povo

No Agrupamento vertical de Escolas de Tarouca, o ano lectivo 2011/2012 arranca no próximo dia 15 de Setembro nos estabelecimentos de ensino de Tarouca. Contudo, no dia 14 do mesmo mês, ocorre a recepção aos alunos do primeiro e quinto anos e pré-escolar, recepções que decorrem apenas durante a manhã.

Asas da Montanha deseja a  todos os estudantes e suas famílias um ano escolar repleto de sucesso. Lembrem-se que o sucesso começa no 1º dia de aulas...
A escola não é um lugar para passar o tempo. É o local de trabalho para crianças e jovens.
Então mãos à obra!

Sem comentários: