domingo, 11 de setembro de 2011

FOI HÁ DEZ ANOS QUE COMEÇÁMOS A PERCEBER QUE ESTAMOS NUM MUNDO DIFERENTE

1. Não foi a 11 de Setembro que o mundo mudou. Mas foi a 11 de Setembro que o mundo acordou para a mudança.

Aqueles trágicos estrondos funcionaram como detonadores da presença de uma nova realidade.

E foi assim que, há dez anos, tomámos consciência de que entrámos não apenas num outro tempo, mas também num outro mundo.


2. A despesa da guerra contra o terrorismo arruinou os Estados Unidos. E a vontade de justiça depressa degenerou em sede de vingança. Os ofendidos acabaram por reproduzir o comportamento dos ofensores.

À falência económica somou-se, pois, a decadência moral. Resultado: a resposta à violência consistiu num acréscimo de violência e num decréscimo da segurança.

Não estávamos seguros há dez anos. Estaremos mais seguros hoje?

3. A mudança para a qual o mundo acordou pode ser sinalizada na queda do Muro de Berlim e naquilo que ela significou.

O adversário deixou de ser visível e localizado. Passou a ser ignoto e a estar em parte incerta, ou seja, em toda a parte.

Esta situação é mais perigosa. O risco já não vem de um estado, nem de um exército. Em último caso, vem do coração humano. Uma única pessoa pode destruir a humanidade.

4. Uma das (muitas) coisas que o 11 de Setembro inaugurou foi uma percepção terrível. O terrorismo é como a morte: acaba sempre por acontecer. Só não sabemos quando.

Daí que o pessimismo aparente ser mais inteligente que o optimismo. Leva-nos a contar com o pior e a tentar retardar os factos. Mas estes, de uma forma ou de outra, acabarão por sobrevir.

5. Neste momento, mesmo quando não há combates, o mundo sente-se em guerra. Mesmo quando não existem ataques, a humanidade sente-se na necessidade de se defender.

Até há dez anos, sabia-se onde morava o inimigo. Agora, não sabemos onde ele se encontra. Nem o lugar do próximo atentado. Nem qual é o seu alvo. Que, aliás, pode ser qualquer um de nós.

6. O terrorismo global inaugurou uma era paradoxal. Qualquer atentado pode ser visto em directo.

Os seus autores é que permanecem invisíveis. Outrora, anunciava-se o início dos combates. Hoje, os atentados só são conhecidos depois de ocorrerem. E de terem contabilizado muitas vítimas!

 7. Ninguém diga, por isso, que estava preparado ou que tinha soluções para estes problemas. O que veio depois do 11 de Setembro atesta que, por vezes, as soluções agravam os próprios problemas.

Quando se fala de fazer justiça, na prática o que se pretende é imitar quem comete a injustiça. Acha-se que, respondendo ao mal com o mal, a justiça fica reposta. Mas, na verdade, é somente a violência que cresce.

 8. A violência só desaparecerá com a introdução de uma cultura da não-violência.

Jesus foi, por vezes, mal recebido em certas terras. Nessa altura, não litigava. Ia para outro lugar.

Gandhi, que muito admirava Jesus, recomenda o mesmo: seguir em frente.

9. Os séculos, aprendemos com Eric Hobsbawn, não se contam apenas por datas. Contam-se sobretudo pelos acontecimentos que os balizam.

O século XX terminou, em 1989, com o desmoronamento daquilo que o tinha iniciado em 1917: a Revolução Russa.

10. O século XXI terá começado em 2001. Nele, as guerras já não opõem apenas povos. As guerras podem ser de uma pessoa ou de um grupo contra a humanidade inteira.

Entraremos no século XXII quando a civilização vencer a barbárie. Bastarão cem anos para lá chegarmos?

Fonte: aqui

3 comentários:

M.Oliveira disse...

vivemos num mundo em que os designios do homem querem sobrepôr-se aos de deus... Será que tudo isto não é fruto de uma sociedade demoníaca onde a mente humana usando de estratégias conspiradoras de acusações mútuas, sobre religiões, politicos, raças, potencias mundiais, etc,, como o objectivo de as erradicar e tornar apenas numa: moeda unica, governo unica, raça unica. religião unica e assim por diante... Existem muitos inocentes presos e muitos criminosos soltos. Da mesma maneira que se fazem atentados em que quem os reivindica por vezes nada teve a ver como o mesmo. Apenas servem para pôr uns contra os outros e tirar proveito da situação.
A maçonaria existe, e está presente em tudo desde a antiguidade. Não podemos prever o futuro. Mas estes acontecimentos maléficos pala mão do homem, tem grandes e perigosas mentes por trás...


http://reporterdecristo.com/iluminatis-uma-potencia-demoniaca


.....Os illuminati escreveram a História muito antes dela acontecer, uma das evidências é um jogo rpg (role playing game, jogo de interpretar ) criado por Steve Jackson e lançado em 1995. Esse jogo “INWO” (Illuminati new world order) illuminati a nova ordem mundial, inclui 9 cartas que descrevem factos que aconteceriam na História, eventos envolvendo bio terrorismo, desastres, anarquia, etc.
Não significando que ele fosse illuminati, mas conhecia os planos deles, tanto que foi visitado pelos serviços secretos, os quais tentaram impedir o lançamento desse jogo...

M.Oliveira disse...

SERÁ que tudo isto não é conspiração..

http://reporterdecristo.com/iluminatis-uma-potencia-demoniaca

..Fazer todas as nações uma só.

No livro dos Illuminati ( Robert Wilson) ele diz que: 0,5 da população detém 70% da riqueza, deixando os outros 99,5 da população competindo violentamente pelo restante (30% da riqueza).

Os illuminati escreveram a História muito antes dela acontecer, uma das evidências é um jogo rpg (role playing game, jogo de interpretar ) criado por Steve Jackson e lançado em 1995. Esse jogo “INWO” (Illuminati new world order) illuminati a nova ordem mundial, inclui 9 cartas que descrevem factos que aconteceriam na História, eventos envolvendo bio terrorismo, desastres, anarquia, etc.
Não significando que ele fosse illuminati, mas conhecia os planos deles, tanto que foi visitado pelos serviços secretos, os quais tentaram impedir o lançamento desse jogo...

M. Soares disse...

SERÁ que tudo isto não passa de uma conspiração com o objectivo de pôr uns contra os outros, para criar uma unica supremacia ...
Há muita informação que aponta para isso.

http://reporterdecristo.com/iluminatis-uma-potencia-demoniaca


...Fazer todas as nações uma só.

No livro dos Illuminati ( Robert Wilson) ele diz que: 0,5 da população detém 70% da riqueza, deixando os outros 99,5 da população competindo violentamente pelo restante (30% da riqueza).

Os illuminati escreveram a História muito antes dela acontecer, uma das evidências é um jogo rpg (role playing game, jogo de interpretar ) criado por Steve Jackson e lançado em 1995. Esse jogo “INWO” (Illuminati new world order) illuminati a nova ordem mundial, inclui 9 cartas que descrevem factos que aconteceriam na História, eventos envolvendo bio terrorismo, desastres, anarquia, etc.
Não significando que ele fosse illuminati, mas conhecia os planos deles, tanto que foi visitado pelos serviços secretos, os quais tentaram impedir o lançamento desse jogo..