domingo, 2 de julho de 2017

Que bela companhia!

Estar com Maria Santíssima é um deleite para a alma. A sua imagem, como Senhora das Necessidades ou como Senhora das Dores, remete-nos para ela, Mãe de Jesus e nossa Mãe.
De manhã, na bela capela hexagonal da Senhora das Necessidades, a simplicidade, a alegria, a participação e a familiaridade marcaram a celebração. Que experiência bonita e realizante!
De tarde, na Serra, a festa simples de Nossa Senhora das Dores. Muita, muita gente. Clima humano marcado pela serenidade e partilha. Fé vivida e participada. Juntou-se a isto um tempo fantástico. 
A nossa Serra é uma verdadeira catedral ao ar livre, mas quando por ela passa a imponente imagem da Senhora das Dores, parece que toda a paisagem se encharca de doçura, ternura, proximidade, paz e leveza.
É assim Maria no meio dos seus filhos. Por onde passa e nós lho permitimos, deixa o rasto do seu perfume materno que a todos eleva.
Com Maria, os cansaços e as dores deixam de ser nuvens carregadas e transformam-se em alvorada de esperança. Louvada seja ela!
As belas imagens de Maria permitem-nos, pela visualização, chegar ao importante, que é ELA.

Sem comentários: