quarta-feira, 10 de abril de 2013

«Ninguém se lembraria do Bom Samaritano se ele só tivesse boas intenções. Ele possuía também dinheiro».

           
Nesta altura em que tanto se recorda Margaret Thatcher, há uma frase que tem sido invocada:
«Ninguém se lembraria do Bom Samaritano se ele só tivesse boas intenções. Ele possuía também dinheiro».
É uma frase que corresponde bem ao seu ideário. Mas, atenção, o dinheiro pouco ajuda se não houve uma intenção recta.
O Samaritano tinha dinheiro. Mas foi a sua bondade solidária que o fez mover na direcção certa!
Não foi o dinheiro que o fez mover na direcção do necessitado, foi a solidariedade que fez com que usasse o dinheiro para ajudar o necessitado.
A bondade e a solidariedade são a base, a fonte, a origem.
Há quem faça muito com poucos meios e há quem tenha muitos meios e não faça nada.
Por isso, há quem sirva o dinheiro e quem se sirva do dinheiro...

Sem comentários: