quarta-feira, 17 de abril de 2013

O Jesus de Diogo Morgado

 
Esta semana decidi falar do nosso actor português, Diogo Morgado que se destacou na série norte-americana “A Bíblia”, onde encarna o papel de Jesus Cristo. Esta série produzida pelo casal Mark Burnett e Roma Downey, contando com várias passagens da Bíblia, estreou-se nos EUA no início de Março e na Páscoa em Portugal.
Há quem diga que encarnar Jesus é provavelmente o mais complexo desafio que se pode colocar a um actor. Concordo. É uma missão nada fácil. Diogo Morgado afirmou em várias entrevistas que teve necessidade de fazer uma viagem “pessoal e espiritual” para interpretar uma personagem que, diz, “não é dos teólogos ou universitários, é alguém que está vivo diariamente para milhões em todo o mundo”. 
Para Diogo Morgado foi uma oportunidade de partilhar com o mundo a sua ideia de Jesus. “Acredito que tanto a Bíblia, como Jesus Cristo, é uma grande história de amor”, disse o actor numa entrevista a uma cadeia de televisão americana. E acrescenta que por, “Portugal ser um país católico, cresceu com a Bíblia e Jesus sempre por perto”. Basicamente, esta experiência foi “uma oportunidade para aprofundar as Sagradas Escrituras”.
Os produtores protelaram até muito tarde a escolha do actor certo, alguém que deveria combinar “força e humildade”'. Diogo fez, como tantos outros, uma audição em Los Angeles onde apresentou a sua versão “de como teria sido Jesus na Terra”. Para nosso orgulho, foi escolhido e, coincidência ou não, tem este ano 33 anos, justamente a idade de Cristo no dia da sua morte.
                                                                                             Miguel Cotrim, aqui
 

Sem comentários: