quarta-feira, 1 de junho de 2016

Nuno Espírito Santo confirmado como novo técnico dos dragões

Nuno Espírito Santo confirmado como novo técnico dos dragões
Nuno Espírito Santo é o novo treinador do FC Porto. O técnico assina por duas temporadas, tal como confirma o emblema azul e branco num comunicado enviado esta quarta-feira à CMVM.
Como adjuntos, Nuno Espírito Santo terá Rui Pedro Silva, Rui Barros, António Dias e Rui Barbosa.
O técnico de 42 anos regressa a uma casa que conhece bem, já que representou o FC Porto enquanto jogador entre 2002 e 2005 e depois entre 2008 e 2010, ano em que terminou a sua carreira enquanto guarda-redes.
Enquanto técnico, Nuno tem passagens pelo Málaga (adjunto de Jesualdo Ferreira), Panathinaikos (treinador de guarda-redes) e, já como treinador principal, no Rio Ave e Valencia.
Fonte: aqui


«Não haverá jogadores que não dêem o máximo»
Nuno: «Não haverá jogadores que não dêem o máximo»
Nuno Espírito Santo, novo treinador do FC Porto, confessou esta quarta-feira acreditar no atual plantel dos dragões, mas garante que vai exigir entrega total ao grupo de trabalho que terá à sua disposição para a temporada 2016/2017.
"Tenho conhecimento profundo da realidade do plantel, jogadores cedidos, rendimento, performance, e agora vamos avaliar, juntamente com o clube e tomar decisões. Realçar que existe muita confiança no que temos. Podemos elevar e potenciar jogadores que não tiveram rendimento esperado. Essa é a nossa obrigação. A mística faz parte de nós. Somos Porto e mística é acreditar nos valores que nos sustêm. Não haverá jogadores que não dêem o máximo em prol do clube. Isso é mística", confessou durante a conferência de imprensa de apresentação, em pleno Estádio do Dragão.
Fonte: aqui


OPINIÃO
1. Porque não veio Nuno Espírito Santo em Janeiro, quando saiu Lopetegui? Apesar da explicação(?) de Ponto da Costa, confesso que não entendo... Mourinho também chegou a meia da época e ganhou tudo na seguinte.
2. Era este o treinador que esperava? Confesso que não. Foi o possível nas atuais circunstâncias? Talvez...
3. É um treinador com forte ligação ao Clube, portista assumido, com bastantes anos de casa enquanto jogador, coma chamada "mística"? Certamente.
4. Mas...
- Será que vamos ter uma estrutura UNIDA, forte, dinâmica, pró-ativa, moderna, capaz, com capacidade de comunicação, que saiba resguardar  o plantel e o treinador, atenta aos associados e simpatizantes, mas sem prescindir das suas competências? Uma estrutura que ponha acima de tudo e antes de mais os interesses de um  FCPorto vitorioso e competente?
Confesso que é aqui que reside o meu maior receio. Os últimos três anos sustentam este receio
- Nuno Espírito Santo, como técnico, ainda não ganhou nada. Na sua curta carreira como treinador foi deixando sinais de competência, mas também algumas sombras... Veja o último ano em Valência.
Será agora? Num Clube que "bateu no fundo", onde a pressão é imensa, com os sócios ávidos de voltar às vitórias,  com a necessidade de não existirem falhas nas contratações, com a exigência de valorizar ativos e de promover os talentos do Clube... A tarefa é muito exigente! Será o Nuno capaz?
- Terão os simpatizantes paciência e quererão ser mesmo o 13º jogador? Ou continuaremos a assistir à assobiadela mal a equipa erre um passe?
- Pinto da Costa, esquecendo-se que a História não volta atrás, voltou aos anos 80, ressuscitando "lebres" para desviar atenções e unir os adeptos, voltando aos "inimigos externos", coelho que hoje já não colhe. Isto de entrincheirar Dragão numa região, se até deu frutos numa determinada época, hoje é provincianismo. O FCPorto é universal!
Todos sabemos que a maioria da imprensa não nos é favorável nem sequer justa; todos sabemos como tem funcionado a arbitragem. Mas isto não pode fazer esquecer que o grande problema é interno, pois internamente as coisas não têm estado bem. É aqui que é preciso mudar. Já!
Unidos, fortes, determinados, claros, somos Porto! Venceremos. O resto é desculpa...
- Como portista convicto, espero que as lições tenham sido aprendidas e que haja uma verdadeira mudança.
- Força, Nuno! Põe o Porto a jogar à Porto. Ganharás a Nação Portista. E um Porto assim é sempre vencedor.

Sem comentários: