sábado, 14 de novembro de 2015

«Há grande negligência» em propor a vocação sacerdotal

LFS/AE - D. Amândio Tomás, bispo de Vila Real
O bispo de Vila Real quer que “se insista no recrutamento” de vocações ao sacerdócio que não exista “medo de abordar” adolescentes e jovens, se sensibilize pais e paroquianos e, sobretudo, motive os párocos.
“Somos tão pobres, que até parece que teimamos em sermos cada vez mais pobres de gente e de meios, deixando de apostar, nas Vocações e no Seminário. Temos pouca população, escassa juventude, mas é verdade que há grande negligência em chamar os jovens, em os motivar, acompanhar, sensibilizar e motivar para a adesão a Deus”, escreveu D. Amândio Tomás num acarta enviada à diocese.
No contexto da Semana dos Seminários, que termina este domingo, o bispo de Vila Real apela que se insista no recrutamento de vocações ao sacerdócio e pede que se haja sensibilização de pais e paroquianos e, “sobretudo”, se motive os párocos.
“Não ter medo de abordar os adolescentes e jovens, falando do projeto vocacional”, observa.
 (...)
Segundo D. Amândio Tomás o seminário serve os jovens que “sentem o apelo de se darem” e mesmo que não sigam para o sacerdócio “lucram esperança, valores e objetivos na vida”.
Neste contexto, para além da oração pelos seminários, “absolutamente necessária”, o bispo de Vila Real apela que “ninguém falte com a generosidade de ajudar os jovens a estudar”.
O bispo diocesano destaca que o padre “é porta-voz, arauto e executor da misericórdia de Deus”, por isso, assinala que “não pode, nem deve usar as armas que o mundo usa”: “Não pode ceder ao ódio e à vingança, mas, deve ser conciliador, pontífice, mediador, construtor da paz e misericordioso, dando exemplo, perdoando”.
“O sacerdote é porta-voz, arauto e executor da Misericórdia de Deus. É eleito, pela misericórdia e predileção de Deus, e instrumento, que empresta a Cristo o gesto, a palavra e a visibilidade”, desenvolve D. Amândio Tomás.
A Semana dos Seminários 2015 tem como tema ‘Olhou-nos com misericórdia’ e termina este domingo, dia 15 de novembro.
In agência ecclesia

Sem comentários: