sábado, 8 de dezembro de 2012

Diocese da Guarda pronta para «total colaboração» com a Justiça

Investigação ao Seminário Menor do Fundão que está a ser feita pelo Tribunal Civil

Por iniciativas externas ao Seminário Menor do Fundão foi pedida ao Tribunal Civil uma investigação à vida interna do mesmo Seminário Menor da Diocese da Guarda.
O Bispo da Diocese, apenas tomou conhecimento desta iniciativa do Tribunal, na passada quarta-feira, dia 5 do corrente, às 17h30, deu imediatamente ordem para que fossem abertas as portas do Seminário aos agentes da investigação que se apresentassem devidamente identificados e, mais ainda, que se desse toda a colaboração para a máxima objetividade da investigação.
Foram inquiridas algumas pessoas e outras ainda o vão ser; foram investigados espaços internos do Seminário e outros ainda o vão ser.
Tanto o conteúdo das iniciativas externas ao Seminário tomadas como a identidade das pessoas inquiridas e o conteúdo das suas respostas constituem segredo de justiça, que só o Tribunal pode revelar, se e quando o entender.
A nós Instituição educativa, como é o Seminário Menor do Fundão, pertence-nos fornecer todos os meios para que a investigação seja bem feita.
Podemos adiantar que não é a primeira vez que Instituições desta Diocese são investigadas por Tribunais Civis, que consideramos pessoas de bem e instrumentos necessários para a regulação da vida social, nomeadamente no âmbito do serviço da educação, como é o caso.
Como já o fizemos em outras situações anteriores, continuaremos a garantir total colaboração para que a investigação seja bem feita, guardaremos o necessário silêncio durante a investigação e cumpriremos escrupolosamente as conclusões do Tribunal.
Devemos acrescentar que esperamos que esta avaliação seja mais um bom contributo para a vida do Seminário, no cumprimento da sua missão educativa.
   
Guarda, 08.12.2012
O Departamento de Informação da Diocese da Guarda
In agência ecclesia

Sem comentários: