sexta-feira, 27 de abril de 2012

"Meu irmão, o Papa"

"Meu irmão, o Papa" (Mein Bruder, der Papst) é o título, simples e eficaz, do livro que o Monsenhor Georg Ratzinger, preparou junto com o escritor alemão e jornalista Michael Hesemann. A obra, de 256 páginas, é o resultado de uma série de palestras realizadas no final da primavera de 2011, em Regensburg, e durante o qual o irmão mais velho do Papa Bento XVI disse a seu entrevistador as memórias de uma vida. O livro, já publicado, é acompanhado por quarenta imagens e está nas livrarias.
A razão do livro é comemorar o sexagésimo aniversário da Ordenação Sacerdotal de Georg e Joseph Ratzinger (Freising, 29 de Junho de 1951); os dois irmãos, aliás, comemoraram juntos na Basílica Vaticana, na festa dos Santos Pedro e Paulo este dia memorável.

O testemunho de Monsenhor Georg Ratzinger, que é a pessoa mais próxima a Bento XVI, começa desde a infância e conta entre outras coisas, sobre o seio da família em que nasceram e cresceram e a decisão do jovem Joseph de servir à Igreja no Sacerdócio, até chegar aos anos de Pontificado.

Vale a pena conferir esta obra. O relato de factos pitorescos e engraçados, a presença do humor, a relação da família Ratzinger com o nazismo, a maneira como os dois irmãos se relacionam, a sua fé e as implicações da mesma na forma de estar na vida...

Sem comentários: