quarta-feira, 4 de abril de 2012

De cinco em cinco minutos morre um cristão por causa da sua fé

A diretora nacional da fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), Catarina Martins, afirmou esta terça-feira que os mais recentes números provam que os cristãos são os mais perseguidos e discriminados em todo o mundo.
"Há cerca de 200 milhões de cristãos que são perseguidos anualmente e de cinco em cinco minutos morre um cristão por causa da sua fé. A situação é dramática no mundo e nós assistimos a um agudizar das situações”, sublinhou esta responsável, em declarações à Renascença.
Um dos casos mais graves de perseguição atinge neste momento a minoria cristã na Síria, que já levou mais de mais de 50 mil cristãos a fugir para o Líbano.
“Esta ‘primavera árabe’ está a provocar muitas alterações políticas nestes países e os cristãos têm sido vítimas, uma vez que o regime ditatorial passa para um regime de ditadura religiosa”, diz a diretora da fundação AIS.
In agência ecclesia

Sem comentários: