segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

“Que a esperança e a ternura do Natal do Senhor nos sacudam da indiferença”



Papa Francisco:
“O Natal fala de ternura e de esperança. Deus, ao encontrar-se connosco, diz-nos duas coisas. A primeira é: tenham esperança. Deus abre sempre as portas, nunca as fecha, é o pai que nos abre as portas. A segunda: não tenham medo da ternura."

Sem comentários: