sábado, 28 de setembro de 2013

Indisciplina cresce no ensino superior

Professores dizem
que jovens chegam cada vez mais imaturos à universidade

Estudantes mandados para a rua e professores que saem porta fora, incapazes de dar a aula devido ao barulho de fundo provocado por jovens à conversa e telemóveis a tocar. Docentes e funcionários alvos de insulto e até alguns casos, ainda que pontuais, de comportamentos violentos. Os casos de indisciplina estão a aumentar no ensino superior.
A braços com um fenómeno novo, universidades e politécnicos têm vindo a aprovar, pela primeira vez, códigos de conduta que preveem sanções que vão da simples advertência à aplicação de multas e que podem levar à suspensão das aulas e até à expulsão. No passado ano letivo, oito universidades públicas instauraram processos disciplinares a 35 estudantes.

Li aqui

Vai começar a Semana da Educação Cristã,
que decorrerá entre 29 de setembro e 7 de outubro



"O que o berço dá, a tumba o leva", diz a sabedoria popular.
Somos muito do que recebemos na família.
Às escolas compete um papel supletivo na educação em relação à família a quem compete o primeiro e principal papel na educação dos filhos.
Pode haver, e haverá certamente, muitas explicações para a indisciplina de estudantes universitários. Aliás somos todos muito peritos a arranjar explicações para tudo.
Mas não deixa de ser um dedo bem erguido ao mau desempenho educativo de muitas  famílias.
Se ao menos esta Semana da Educação Cristã servir para que as famílias se ponham o problema da educação dos filhos, ela terá valido a pena.

Sem comentários: