quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Atacar às cegas



"Como se sabe, o ditador iraquiano foi condenado à forca, e o país a uma guerra civil, desde então. Do Iraque passou-se para o Afeganistão, onde os talibãs não parecem querer desistir de tomar conta do país. O mundo islâmico nunca mais foi o mesmo e a anunciada Primavera Árabe, além da queda de Khadafi, prometia dias melhores para os povos oprimidos e na miséria. Pois bem. Algum desses países está melhor do que estava? Os moderados conseguiram conquistar terreno aos fundamentalistas? Pelo que rezam as crónicas, não. O que levará então países como os EUA, Inglaterra e França a quererem avançar outra vez para outro conflito sem terem o trabalho de casa feito? Isto é: já têm alternativa para colocarem alguém no poder quando afastarem o Presidente Bashar al-Assad? O que virá a seguir será melhor e contribuirá para a paz na região e no mundo?"
Leia aqui o artigo todo.

Nunca se sabe como poderá terminar uma guerra.

Sem comentários: