quinta-feira, 25 de julho de 2013

JMJ 2013: Papa saúda centenas de milhares de jovens em «festa da fé»



O Papa está a participar  na cerimónia de boas-vindas da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013, na Praia de Copacabana, que classificou como uma “festa da fé”, com jovens de mais de 175 países.
“Hoje, vim para os confirmar nesta fé, a fé no Cristo Vivo que mora dentro de vós; mas vim também para ser confirmado pelo entusiasmo da vossa fé”, declarou, perante centenas de milhares de pessoas, afirmando que não quer que a sua fé “seja triste”.
Francisco deixou agradecimentos a autoridades nacionais, estaduais e locais, além de outros envolvidos, que permitiram concretizar um “momento único de celebração da unidade, da fé e da fraternidade”.
“Bem-vindos a esta festa da fé! Em várias partes do mundo, neste mesmo instante, muitos jovens estão reunidos para viver juntos este momento: sintamo-nos unidos uns com os outros, na alegria, na amizade, na fé”, declarou, alternando entre português e espanhol.
O encontro contou com um momento de silêncio em memória de uma peregrina de França, Sophie Morinière, que morreu antes de chegar ao Rio, num acidente de autocarro.
Francisco evocou a primeira JMJ realizada a nível internacional, que aconteceu em 1987 na cidade natal do Papa, Buenos Aires.
Este ano, a jornada volta, pela segunda vez, à América Latina, em resposta ao convite de Bento XVI, a quem o Papa enviou um “forte abraço”, lembrando que esteve em conversa com o seu predecessor antes de ir ao Rio de Janeiro.
Apesar das distâncias, precisou todos estavam ali juntos, “unidos para partilhar a fé e a alegria do encontro com Cristo, de ser seus discípulos”.
“Nesta semana, o Rio torna-se o centro da Igreja, o seu coração vivo e jovem”, destacou.
O Papa elogiou o "testemunho de fé" dos ‘cariocas’, apesar do "frio e da chuva".
"O meu coração enche-se de alegria", acrescentou, antes de convidar os jovens a renovar o seu “compromisso de cristãos”.
O Papa assistiu antes a uma introdução musical, antes de ser cumprimentado pelo arcebispo do Rio, D. Orani Tempesta, e acompanhar a apresentação multimédia ‘Rio de Fé’, em que 150 intervenientes reproduziram artisticamente o quotidiano da ‘cidade maravilhosa’, com referências ao samba, e apresentaram simbolicamente a fé do povo brasileiro.
A celebração começou com um percurso em papamóvel por entre a multidão desde o forte de Nossa Senhora de Copacabana, onde Francisco chegou em helicóptero e foi recebido com aplausos e gritos dos peregrinos, acenando para a multidão, desde o papamóvel, tendo mesmo bebido ‘chimarrão’ (mate) que lhe foi oferecido por um dos presentes.
“Irmãos e amigos, bem-vindos à vigésima oitava Jornada Mundial da Juventude, nesta cidade maravilhosa do Rio de Janeiro”, concluiu.
No final do ato, cinco jovens representantes todos os continentes saudaram a chegada de Francisco à JMJ Rio 2013 e foi evocada a primeira missa celebrada por portugueses no Brasil, em 1500, seguindo-se um momento musical, com a presença da cantora Fafá de Belém
Ao momento artístico segue-se uma celebração litúrgica, com a entronização da imagem de Nossa Senhora Aparecida, leituras da Bíblia, preces em várias línguas e a recitação do Pai-Nosso.
Agência ecclesia

Sem comentários: