quinta-feira, 30 de maio de 2013

O tráfego nas antigas SCUT



De acordo com os dados do IMT, as quebras variam entre os 6% e os 48,61% nas 12 antigas SCUT, sendo que, entre elas, a que registou em 2012 a maior queda no tráfego foi a ex-SCUT do Algarve, concessionada pelo grupo espanhol Ferrovial, com uma quebra de 48,61%, ou seja menos 7.659 carros por dia.
A segunda posição é ocupada pela Beira Interior, concessionada pela Scutvias, que viu o tráfego reduzido em 35,95% em 2012, passando de 9.667 carros/ dia em 2011 para 6.192 no ano passado.
Em terceiro lugar no ranking das concessões com maior queda no tráfego, surge a auto-estrada Interior Norte, com uma diminuição de 33,94%, ou seja, menos 2.223 carros/ dia, em comparação com 2011.


Descida de 6,4%

Os equipamentos de telecomunicações  aumentaram em 2012 as vendas em 4,8% face ao ano homólogo e, dentro desta categoria de produtos, os smartphones registaram uma subida de vendas de 46,4%, em total contraciclo com o mercado global do retalho.
descida registada o ano passado foi de 6,4%
As telecomunicações são, a par dos medicamentos não sujeitos a receita médica, as únicas categorias a registar saldo positivo. A venda de livros, consolas, software e artigos de papelaria desceu 17,6% para 374 milhões de euros. O vestuário derrapou 7,1%, tal como os combustíveis (-4,2%). No acumulado do negócio do retalho não alimentar a descida registada o ano passado foi de 6,4%, em comparação com 2011.

Fonte: aqui

Sem comentários: