quarta-feira, 6 de março de 2013

Hugo Chavez morreu esta terça-feira

Hugo Chávez
Luzes e sombras na vida de um populista
 
A história encarregar-se-á de retratar Hugo Chavez como uma figura controversa e ambígua. Como governante, tomou várias medidas de nacionalização de empresas estrangeiras (contestáveis), revelou um anti-americanismo desnecessário e perigoso (tomando o Irão como seu aliado) e revelou alguma proteção com os mais desfavorecidos (salutar). No que se refere a Portugal, que nos interessa mais, concordo plenamente com o ex-ministro Manuel Pinho: Chavez foi um amigo de Portugal. Quando começávamos a enfrentar os primeiros sérios sinais de crise, o líder venezuelano assinou vários acordos com empresas portuguesas e facilitou os negócios lusos na Venezuela. Na hora em que Chavez partiu, pensemos nas coisas que nos uniram e menos nas que nos dividiram.
Fonte: aqui

Sem comentários: