sexta-feira, 20 de maio de 2016

A FALTA QUE AS NOVAS TECNOLOGIAS FAZEM QUANDO FALHAM!


Estive uns dias sem internet  e sem televisão. Uma avaria num aparelho causou a situação.
Não sei explicar, mas parecia que faltava qualquer coisa... Isto de não poder consultar os emails, visitar as minhas páginas do facebook, ver os meus blogues,visitar os sites relacionados com a Igreja, ler as notícias online, deu cá uma sensação de orfandade!
Depois não está na minha maneira de ser recorrer frequentemente ao telemóvel, prefiro as mensagens por facebook ou por email.
Claro que aproveitei o tempo para ler, pensar e tratar de assuntos práticos, além, claro, do trabalho normal.
Depois é sempre a mesma coisas. As operadoras, tão céleres na cobrança, são demoradíssimas na reparação das avarias. Parece que ser cliente é só pagar!O cliente não é pessoa? Não tem também direitos? E quando prometem e marcam horas e depois não aparecem, obrigando a pessoa a ficar à espera tempos infindos? E quando sucessivas chamadas não resolvem o problema? É que nem uma chamada sua a pedir desculpa ou a justificar a situação...
Para grandes males, grandes remédios, diz o povo. Foi o que fiz. Mudei de operadora.Ao menos a partir da tarde de hoje já voltaram a internet e a tv.
Oxalá que a nova operadora não me dê razões para reclamar. Mas se for preciso, cá estarei.
Uma das obras de misericórdia é corrigir os que erram.

Sem comentários: