sexta-feira, 8 de maio de 2015

A questão da vida e da sua defesa e promoção não é prerrogativa unicamente dos cristãos

Porque a vida humana é o primeiro e mais estimável dos bens, é urgente lutar por novos rumos e construir uma verdadeira cultura da vida (Cfr. Ev 95).

Sem comentários: