quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Petição que apela à revisão de diversas leis que consideram "corroer o tecido social do país"

Bagão e César das Neves assinam petição contra o casamento gay e aborto  --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Bagão Félix, Gentil Martins e João César das Neves surgem entre os primeiros signatários de uma petição que apela à revisão de diversas leis que consideram "corroer o tecido social do país". 

 O casamento gay, a liberalização do aborto, a nova lei do divórcio e a reprodução artificial são as principais contestações de "Defender o Futuro", petição pública à Assembleia da República, que está a correr na Internet.
Mais de quatro mil pessoas já assinaram o documento, que começa por considerar que as alterações legislativas, levadas a cabo nos últimos seis anos, contribuem para a atual crise económica e social, uma vez que destroem os "pilares estruturantes da sociedade".

"As leis que têm vindo a corroer o tecido social do país foram sempre objeto da voz crítica do Presidente da República que, quer através do veto, quer através de mensagens ao Parlamento ou ainda por declarações ao país, indicou alguns dos erros em que incorriam. Urge pois atender de novo às suas razões", referem.
Os autores do documento incitam a Assembleia da República a fazer alterações legislativas que "coloquem e reconheçam a família como fundamento da organização social na promoção da responsabilidade pessoal, solidariedade intergeracional e fomento da economia", algo que dizem corresponder "ao sentimento dominante na sociedade portuguesa"
Bagão Felix, Gentil Martins, João César das Neves, Manuel Braga da Cruz e Rui Gomes da Silva surgem entre os primeiros signatários da petição.

Fonte: aqui

Sem comentários: