terça-feira, 23 de junho de 2015

A segurança dos cidadãos

A segurança das pessoas e dos seus teres e haveres tem que estar sempre em cima da mesa das autoridades. Neste caso, vale excelentemente o aforismo que diz: "Antes prevenir do que remediar."
Por estar perto de uma via estruturante como a A24, por ser uma terra habitualmente calma que não levanta grandes suspeitas, por ser vizinha de localidades maiores que estão mais sob o fogo de mira das autoridades, a nossa zona pode tornar-se numa coutada de gente ligada a qualquer tipo de crime.
Urge, por isso, que quem de direito não cesse de vigiar, antecipando medidas que abortem a criminalidade e desaconselhem esta terra a pessoas com maus instintos.
A segurança acima de tudo!
Há sinais que indicam que as autoridades competentes estão de atalaia. Bom sinal.
Compete igualmente aos cidadãos estar vigilantes e comunicar a quem de direito indícios de insegurança. Também para os cidadãos vale o provérbio: "Antes prevenir do que remediar."
Ninguém pode dizer que estas coisas não são consigo, porque a criminalidade é um chuveirinho que pode molhar a todos.

2 comentários:

Anónimo disse...

A segurança acima de tudo!

Concordo inteiramente com esta frase.

Continuo a pensar que Tarouca continua a ser um lugar seguro apesar de existirem SURTOS da chamada pequena criminalidade: roubos, danos nas coisas do alheio, etc.

Assim, julgo que urge ver como e porquê que estes surtos surgem, pra que as autoridades (e não me refiro unicamente às que usam farda; até julgo que estas deveriam ser as últimas a ser preciso chamar...)os possam EVITAR ou, uma vez em curso, os possam parar.

Já viu que em Tarouca assalta-se mais mercearias do que ourivesarias?!

Espero que se divirta nos festejos de S. Pedro!
Abraço Blogueiro
A. Monteiro

Anónimo disse...

«Por estar perto de uma via estruturante como a A24,(...)» este aspeto também me parece importante.

Mas sempre ouvi dizer que a segurança deve começar por nós, quer tomando certos cuidados que denunciando certos aspetos que nos parecerem suspeitos,

Em Tarouca cada vez se torna mais dificil em VER pessoas suspeitas pois com tantos carros a circularem com videros fortementemente fumados (ilegais), torna-se praticamente ver quem ali vai.

Ide