segunda-feira, 29 de junho de 2015

Jesus Cristo e a comunicação social

A comunicação social e as novas tecnologias não confiam no homem. Se alguém tem o azar de cometer uma asneira ou dar um passo em falta, exige-se logo a demissão. Na vida social não há alternativa para um falhanço. Quem o comete é queimado na comunicação social.
A comunicação social e as novas tecnologias não acreditam na regeneração e na conversão do homem.
Jesus Cristo acredita. Totalmente. A quem falhou é aberta uma porta. Basta que o prevaricador se arrependa e queira mudar de vida. É que Jesus Cristo acredita no homem. Para Ele a pessoa humana tem sempre futuro.
Reparemos em Pedro. Falhou rotundamente e negou o Mestre. Cristo destituiu-o? Não. Deu-lhe oportunidade, abriu-lhe portas. Pedro arrependeu-se, experimentando o olhar misericordioso do Salvador.
Com quem estamos? Com esta comunicação social descrédula e destruidora ou com Cristo que acredita sempre na regeneração e reabilitação de cada pessoa?

Sem comentários: