segunda-feira, 13 de outubro de 2014

"Não posso entrar com o carro no café?"



"Algumas pessoas só não entram com o carro pelo café dentro porque não cabe!", diza há tempos um cavalheiro que se viu a zaguezear milimetricamente para conseguir passar numa via pública onde havia carros estacionados de um ladro e de outro da estrada frente a um café. E acrescentava: "Bastava andar mais uns metros adiante e já havia estacionamento. Mas qual quê? O que conta sou eu, eu e eu. Os outros que se lixem..."
Mas não é só frente ao café. É em todo lado. Deixa-se o carro na estrada, tantas vezes em segunda fila, ligam-se - quando se ligam - os quatro piscas  e toca a cuidar das nossas coisas. Os outros que se amanhem...
Já ouvi muitas vezes dizer que quem quiser ver a educação e o civismo de uma pessoa é meter-lhe um carro na mão. E então alguns, armados em pavões, esmeram-se mesmo em deixar o seu carrão num lugar de mais visibilidade para que todos notem! Que parolice!
Claro que na condução, como noutras coisas, podemos dizer: "Quem não tem opecados que atire a primeira pedra." Mas isto não serve de desculpa para os constantes atos de egoísmo e incivilidade que se observam nas nossas estradas.
Ah! Ainda por cima alguns reagem com má educação e violência quando alertados para as trnsgressões! Ao menos que haja um pedido de desculpas. É que a boa educação cabe em todo o lado.

Sem comentários: