domingo, 16 de março de 2014

Nesta Quaresma, como vai de renúncias?

Renúncia!
Sim! Eu renuncio...
Eis o plano e a palavra da Quaresma.
Eis o caminho para a minha Quaresma.

Jesus dá o mote, desde o princípio,
No deserto, ante a tentação
Diante do tentador...
Dá-nos o exemplo
Para fazer de Deus, em todo o tempo,
A prioridade maior,
Primazia à Palavra do Senhor!

Sim! Renunciar!
Porque unidos no amor,
Juntos contra a fome.
Há uma só família humana, 
alimento é para todos.

Sim! Esta Quaresma é tempo de renunciar!
Não é fugir ou evadir-se,
Escapar ou deixar...
É em tudo confiar no Deus que é Amor.

Renunciar à riqueza material,
Ao poder vazio de sentido...
Renunciar ao espectacular atractivo,
À razão só racional.
Ser rico de sentimento
E à Palavra dar todo o assentimento.

Renunciar é mais que palavra de ordem,
É a inteireza da mensagem.
Arrisca renunciar
E conseguirás ao Amor chegar.

Na Igreja há uma caixa,
A caixa da renúncia,
Não saiba a tua mão esquerda 
O que faz a direita.
As tuas renúncias
Ali vais colocar
Para o teu irmão pobre amar.

Nesta Quaresma,
Amar é renunciar...
 A que renuncias na tua Quaresma?

Sem comentários: