segunda-feira, 3 de março de 2014

É Carnaval, ninguém leva a mal


Não há povo que não comemore o Carnaval.
De uma maneira simples, com pequenas brincadeiras, desfiles, fogueiras, certas comidas ligadas à época, alguns desmandos nas bebidas ...
De uma forma mais grandiosa como em Ovar, Torres Novas, etc.
Entre nós merece especial referência o Carnaval de Lazarim que atrai àquela terra muitos forasteiros. Sem dúvida dos mais genuínos carnavais portugueses, mantendo bem vivas tradições ancestrais que perduraram ao longo dos tempos. Máscaras carrancudas de madeira, esculpidas por artesãos da aldeia, são nesta época festiva utilizadas por jovens de ambos os sexos - os caretos e as senhorinhas.
Nesta Paróquia, além das fogueiras em várias povoações, merece menção o Desfile de Carnaval de Tarouca e Argueira. O "salpicão da língua", o cozido à portuguesa e as fêveras...
No mundo, o famosa Carnaval brasileiro centra as atenções.


Brincar é bom. E quando as brincadeiras recorrem à inteligência e à criatividade, ainda melhor.
Desde que as brincadeiras respeitem a dignidade da pessoa humana, tudo bem.

Vídeo e fotos dos desfiles de Carnaval (Tarouca e Arguedeira)


  video
Carlos Silva, in facebook









Sem comentários: