segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Subindo até Cristo Rei


Na tarde deste último domingo, e como é costume na Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, caminhei até ao monte de Cristo Rei, onde se encontra o templo e a Imagem de Cristo Rei.
Apesar do tempo estar bravo, muita gente participou com alegria serena na Eucaristia.
Nem o tempo demoveu os presentes de um olhar contemplativo pela maravilhosa paisagem outonal, que enche  a alma e tonifica o coração.
Encontramo-nos em pleno Outono, esta estação do ano que tanto  fascina, pelo encanto da natureza que se recolhe para o Inverno, das folhas que se revestem dos mais belos tons antes de caírem, como a mostrar a nobreza do entardecer da vida, que se recolhe e se despede serenamente antes de repousar no silêncio do mistério!... E mesmo o nevoeiro denso que, como neste domingo, nos envolve, também isso é um convite ao recolhimento, mesmo ao mistério que diz a nossa existência.
A natureza e a simpatia acolhedora das pessoas criaram um belo momento neste dia.

Sem comentários: