sábado, 22 de novembro de 2014

«Click To Pray» é uma multiplataforma para rezar três vezes ao dia

O Apostolado da Oração apresentou hoje o projeto ‘Click To Pray’, uma “inovadora aplicação móvel”, que também é um sítio na internet e uma rede social de oração, na capela do Carmelo de São José, em Fátima.
O CEO da empresa La Manchi - Comunicação para Boas Causas, que desenvolveu a parte técnica deste projeto, explicou que quando começaram foi necessário perceber como se captava “a atenção de jovens num contexto de nova evangelização”.
Nesse sentido, “primeiro” investigaram/estudaram as “aplicações (apps) católicas no mundo” e verificaram que as que “triunfam são as vão ao encontro do essencial”, comentou Juan Della Torre.
“Temos de dizer o mesmo de sempre, o Evangelho, mas integrá-lo nos meios modernos para que os jovens o entendam, para que seja interessante”, alertou o responsável na capela do Carmelo de São José, em Fátima.
Aos cerca de 100 participantes na apresentação do projeto de oração Click To Pray, Juan Della Torre disse que o “sentido de humor”, que também está presente neste projeto “pode-se comunicar neste contexto”.
O CEO da empresa La Manchi - Comunicação para Boas Causas destacou que a lógica do ‘Click To Pray’  é ser “breve, dinâmico, claro” e que se “explique sem necessidade de explicação”.
Para Portugal os conteúdos, “textos, redes sociais, comunicados” foram todos “pensados especificamente para a cultura e contexto” nacional.
A plataforma lançada hoje oficialmente pelo Apostolado da Oração em Portugal propõe um ritmo de oração em três momentos ao longo do dia - de manhã, durante o dia e à noite – e é também uma “rede social de oração”, que permite partilhar num mural as intenções de oração de cada um para que todos rezem uns pelos outros.
“Abrir ao mundo e à Igreja Católica a oração e as intenções de cada um”, observou o secretário nacional do Apostolado de Oração.
No primeiro momento, quando se inicia o dia a pessoa começa com uma “atitude agradecida”, na disponibilidade para o que o dia oferecer”, explica o padre António Valério.
Depois, ao longo do dia, o utilizador “recebe uma frase breve, inspiradora” e à noite uma “proposta de exame de consciência” para “agradecer, pedir perdão e um propósito para o dia seguinte”, desenvolve.
O responsável explicou que o projeto também permite fazer a proposta e o desafio de mensalmente, “na primeira sexta-feira de cada mês”, os utilizadores rezarem pelas intenções do Papa.
“Estão em comunhão com a missão da Igreja e desafios do mundo de hoje”, acrescentou o secretário nacional do Apostolado de Oração.
Com o ‘Click To Pray’ é feita uma proposta nova de rezar através dos meios digitais; criar novos canais de comunicação e vivência da fé para chegar a novos públicos.
Um projeto que pretende aprofundar a cultura do encontro, “sobretudo com pessoas em contextos geográficos e culturais mais isolados”, explica o AO.
Segundo o padre António Valério as orações breves para serem lidas no telemóvel são feitas por uma “equipa de voluntários que reza a Palavra de Deus e apresenta a proposta” e o AO já tem conteúdos até março de 2015.
O Apostolado de Oração informa ainda que têm como parceiros o Departamento Nacional da Pastoral Juvenil e a La Machi - Consultora para Boas Causas e como parceiros de media a Agência ECCLESIA, a Rádio Renascença e a Aleteia.org.
Fonte: aqui

Sem comentários: