quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Ministério da Educação quer cursos de ensino vocacional

Veja aqui.

Depois da calamidade que foi a política educativa (?) de Maria de Lurdes Rodrigues, aparece alguém que parece ter  um rumo para a educação.
Um dos grandes erros do 25 de Abril, foi acabar com o Ensino Técnico-Profissional. Hoje, temos milhares de Drs. desempregados que têm cursos que não servem para nada.
Por que motivo não há-de existir o licenciado pedreiro, o licenciado electricista, o licenciado canalizador, etc?
Quando é que destruímos preconceitos acerca do trabalho?
Tirar um curso superior de História, Línguas, Direito e afins leva ao desemprego. Será isto que interessa ao país e às pessoas?

Sem comentários: