terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Rapa cabelo para evitar bullying


O caso chegou àss redes sociais e o professor já é um herói mundial. Ao perceber que um de seus alunos estava sofrendo 'bullying' por ter perdido o cabelo por causa de uma doença desconhecida, o professor iraniano Ali Mohammadian decidiu rapar a cabeça para mostrar solidariedade. Dentro de pouco tempo, todos os alunos da classe raparam também os seus cabelos e o bullying acabou. As informações são do jornal inglês "The Guardian".
Em dezembro, o professor postou a sua foto sem cabelo ao lado do aluno no Facebook, para mostrar apoio ao menino Mahan Rahimi.
O gesto solidário foi reconhecido pelo Presidente do Irão, Hassan Rouhani, que elogiou a atitude do professor e decidiu apoiar financeiramente o tratamento médico do aluno.
"Estou tão feliz que isso tenha tocado muitos corações. As pessoas reagiram de forma extremamente positiva", confessa o professor, de 45 anos, ao The Guardian por telefone a partir de Marivan, revelando que agora "toda a escola quer rapar a cabeça".
A mesma publicação conta que no início deste mês, Mohammadian postou uma foto sua na rede social Facebook explicando que o jovem de oito anos Mahan Rahimi "estava a isolar-se depois de ficar careca. O sorriso desapareceu do seu rosto e eu estava preocupado com o seu desempenho escolar. Foi por isso que pensei em rapar a cabeça para levá-lo de volta ao caminho certo".
"Quando eu entrei no meu Facebook, no dia seguinte [à publicação], não podia acreditar no número de pessoas que tinham gostado e partilhado o post", diz ao The Guardian.
Com a repercussão, o governo ofereceu apoio financeiro para o tratamento médico do menino. Até ao momento, os médicos iranianos ainda não descobriram qual é a doença no sistema imunológico que deixou Mahan careca. De acordo com o professor, algumas amostras foram enviadas para a Alemanha para um possível diagnóstico.
Fonte: aqui

Sem comentários: