domingo, 4 de agosto de 2013

NÃO SEI SE (ainda) SEI PORTUGUÊS

Coisa estranha sentimos frequentemente.
Sabemos falar as línguas que se usam lá fora e temos dificuldade em entender a linguagem que se usa cá dentro.
Por vezes, temos a sensação de que é mais fácil falar inglês, francês e até alemão do que perceber o português que alguns usam em Portugal.
Parece uma novilíngua de sabor cabalístico.
Quando ouvimos falar de «swaps», «contratos tóxicos», «mercados», etc., ficamos com a impressão de que nos estão a esconder algo em vez de nos estarem a dizer alguma coisa.
Dizem que é a falar que a gente se entende. Mas, às vezes, parece que é a falar que alguns nos querem desentender!
Fonte: aqui

Sem comentários: