domingo, 11 de setembro de 2016

Passei pela festa de Bodas de Ouro de um casal amigo

Depois de um sábado e domingo absolutamente esgotantes, passei pela festa de Bodas de Ouro de um casal amigo.
Muita gente, boa música, alegria, mesa farta. Sobretudo vi e senti o casal aniversariante muito feliz.
Quando regressei a casa, a festa ainda estava para continuar....
No bacadinho que por lá passei, reparei em expressões de admiração de muitos pela longevidade do matrimónio. É que hoje, "o politicamente correcto" não é um amor sem prazos de duração... O "casa, descasa e volta a casar" é que parece que está a dar. Basta reparar nas manifestações de admiração - quase escândola - de alguns jornalistas quando confrontados com casamentos de longa duração.
No fundo, no fundo, penso que as pessoas admiram, apreciam e louvam os casais que continuam felizes ao fim de 50 anos de matrimónio. Só que isso exige renúncia, espírito de sacrifício, humildade, capacidade de recomençar muitas vezes, perdão, aprendizagem, determinação, namoro... e Deus. E quantos estão para isso?
Parabéns, amigos Dimas e Céu! Longa vida e votos de que continueis a crescer no vosso amor!

Sem comentários: