quinta-feira, 6 de agosto de 2015

ONDE ESTÃO? ONDE ESTÃO? ONDE ESTÃO?

Estado Islâmico executa 19 mulheres por recusarem relações sexuais

Um responsável curdo relata que o Estado Islâmico matou 19 mulheres, mantidas reféns na cidade iraquianade Mosul, por se terem recusado a ter relações sexuais com os jihadistas.Estado Islâmico executa 19 mulheres por recusarem relações sexuais

Segundo, Mimousini, porta-voz do Partido Democrático curdo, as execuções ocorreram no passado fim-de-semana, depois de o grupo de reféns se recusar a ter relações sexuais com os guerrilheiros.
A denúncia, à agência de notícias iraquiana, surge dias depois de uma responsável das Nações Unidas anunciar ter sido testemunha da circulação entre os membros do Estado Islâmico de uma "lista de preços" de crianças escravas na Sìria e no Iraque.
À Bloomberg,  Zainab Bangura, Representante Especial do secretário-geral da ONU para a Violência Sexual em Conflitos, relatou que as raparigas são "negociadas como barris de petróleo" e que por vezes são compradas para serem depois vendidas às famílias por milhares de dólares.
Neste mercado negro, as meninas entre um e nove anos de idade são as mais valiosas.
Zainab Bangura, responsável pela investigação do comércio sexual do Estado Islâmico, afirmou ainda que uma mulher pode ser comprada por seis homens diferentes.
Fonte: aqui



Diante desta barbárie, pergunto:
- Onde tão as feministas?
- Onde estão aqueles que tão aguerridamente se manifestaram contra a morte do leão Cecil?
- Onde estão os ecologistas?
- Onde estão os esquerdistas?
- Onde estão aqueles que (justamente) se batem contra o aborto?
- Onde estão os fundamentalistas?
- Só o Papa é que se bate contra a barbárie do Estado Islâmico???
Se deixamos de lutar, aqui e agora, contra todos os bárbaros atentados cometidos contra a dignidade  da pessoa humana, que andamos aqui a fazer?

Sem comentários: