quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

O valor do elogio

Há vários estudos sobre o elogio e todos concordam que ele é importante. Um elogio feito na hora certa e com sinceridade tem um poder verdadeiramente transformador. Ele funciona como uma poderosa fonte de encorajamento, inspiração e motivação para quem o recebe, elevando o ego e reforçando a autoconfiança.



"O elogio é de extrema importância para os filhos, em qualquer idade", diz a psicóloga Rosana Augone. "Faz com que as crianças desenvolvam a autoestima e se sintam reconhecidas pelas pessoas que mais amam: seus pais."
Quanto ao valor do elogio não há dúvidas. A questão é que atitudes elogiar e de que maneira. A jornalista americana Pamela Druckerman foi morar em Paris e sua comparação entre a educação dada às crianças na França e nos Estados Unidos resultou no livro "Crianças Francesas não Fazem Manha", da editora Fontanar.
Segundo ela, os franceses confiam na capacidade dos filhos, tentam ouvi-los atentamente e incentivá-los a descobrir as coisas por si mesmos, mas não passam o tempo todo elogiando-os sem parar. E isso faz com que as crianças francesas sejam mais tranquilas. "Uma criança que recebe elogios o tempo todo termina por se sentir o centro do mundo e acha que pode interromper a qualquer momento ou fica constantemente querendo atenção", diz.
Comecemos a valorizar as nossas famílias, amigos, alunos, subordinados, quando vemos que o merecem. E se o fizermos na altura certa, faremos bem a essas pessoas e a nós também.
Porém não basta só elogiar, é preciso fazê-lo de uma forma coerente, sincera e principalmente de forma correcta. Aquele que elogia tudo e todos pode estar mesmo a contribuir negativamente para a valorização da pessoa. 
Fonte:  aqui

Sem comentários: