segunda-feira, 21 de julho de 2014

Como é possível conspurcar a beleza, manchar a inocência, abismar o futuro!?

Mas as crianças, Senhor,
porque lhes dais tanta dor?!…
Porque padecem assim?!…
(Augusto Gil)
59 crianças palestinas foram mortas por ataques a Gaza; 38 tinham 12 anos ou menos (aqui)

Pelo menos cinco crianças morrem de fome a cada minuto (aqui)

Criança deixada à fome come insetos (aqui)

Malaysia Airlines divulga lista de mortos em avião derrubado na Ucrânia. De acordo com as Nações Unidas, 80 dos mortos eram crianças (aqui)

Padrasto violador apanha nove anos (aqui)

Detido por posse e partilha de pornografia infantil (aqui)

Abusou do filho menor de quem tinha a tutela (aqui)

250 milhões de crianças no mundo não sabem ler (aqui)

Encontrei-me na rua com duas mães que traziam consigo as suas criancinhas de colo. Como todas as crianças, também estas eram lindas. Irradiavam simpatia e graça, fazendo vibrar cá dentro tudo o que de bom e de belo pode o coração humano.
E pensei nos últimos acontecimentos que a comunicação social nos apresenta. Tanta maldade, tanta perversidade contra as crianças!!
Como é possível conspurcar a beleza, manchar a inocência, abismar o futuro!?
Uma criança é uma PESSOA! Frágil, que precisa dos outros para crescer equilibradamente, saudavelmente.
Amor, educação, pão e saúde elas precisam. É dever da sociedade fazê-lo com paixão.
Mas fazer mal às crianças... Só um coração empedernido , estouvado, descarnado, pérfido.
Uma criança é sempre a garantia de que Deus ama o mundo.

Sem comentários: