sexta-feira, 16 de junho de 2017

Ao encerrar o presente ano catequético, a gratidão

Aos catequistas:
 D. Alda, Coordenadora da Catequese ;  
Telma, Beatriz e D. Belinha ;
D. São e Susana;
 Sr. Luis e D. Cláudia ;
 D. Isabel; D. Lúcia e D. Marina ;
D. Fininha e Drª Judite ;
 D. Alice, D. Palmira e Enf. Filipa ;
Drª Lurdes e Mónica ;
D. Cândida e Drª  Carla Ribeiro ;
 Dr. César, Patrícia e Bruna;
 Dr. Tozé e D. Cristina
Muito obrigado. Parabéns!
Eles acolhem os catequizandos e fazem semanalmente o melhor que podem e sabem.
Eles são absolutamente voluntários. A não ser um sorriso, a felicidade de ver os seus catequizando crescer como pessoas e como cristãos, nada recebem. Pelo contrário, muitas vezes dão do que é seu.
Eles arranjam tempo mesmo quando o tempo falta.
Eles dinamizaram a Festa da Catequese no dia 27 de novembro, altura da inauguração do Centro Paroquial.
Eles "deram o litro" por alturas da Festinha do Pai Nosso, da 1ª Comunhão, da Profissão de Fé e do Crisma,  da Peregrinação das Crianças a Fátima, da estada dos adolescentes em Santa Helena...
Eles escutam,  preocupam-se, acompanham sem andar com altifalante atrás...
Eles dinamizaram, motivaram e estimularam os catequizandos -  e participaram também - nas Procissões da Semana Santa.
Eles, sempre que podem, levam os meninos ao Lar, numa aula descentrada na vida.
Eles abrem as suas salas aos pais, dialogam com eles, visando sempre o crescimento humano e cristão dos educandos.
Eles insistem e persistem junto dos mais novos na necessidade da Eucaristia semanal.
Eles preocupam-se, enervam-se e desgastam-se porque nem sempre os resultados são os esperados.
Eles amam Jesus Cristo e por isso não desistem de O anunciar e de ajudar os catequizandos a amá-l'O cada vez mais.
Em virtude da sua fé e do amor aos pequenos, eles gostam da catequese e demonstram vontade de ir cada vez mais longe.
Em nome dos 348 catequizandos da Paróquia, de seus pais e da comunidade paroquial, agradecemos-vos, exaltamos o vosso serviço.
Daqui a um tempinho, voltaremos para mais um ano de catequese. Com a mesma alegria, a mesma disponibilidade, crescente vontade de fazer melhor. Ou não fossem estes catequistas da Paróquia de S. Pedro de Tarouca.
Prá frente, minha gente!
Aquele abraço.

Sem comentários: