segunda-feira, 20 de julho de 2015

Mourinho critica milhões gastos por F. C. Porto e Sporting

José Mourinho criticou os milhões investidos por F. C. Porto e Sporting na nova época. Num país com "muitos problemas" de ordem económica, o "futebol contraria qualquer situação".

O treinador do Chelsea comentou os milhões que as grandes equipas do futebol estão a investir, este ano, nos respetivos plantéis e chama a atenção "para o que está a acontecer" em Portugal.
"No geral, é um país com muitos problemas: sociais, políticos, económicos. É um país com problemas, as pessoas estão a sofrer, houve muitos cortes, os mais velhos têm problemas com as reformas, os impostos são altos, há problemas de salários, emprego, tudo", diz o treinador do Chelsea.
"Mas o F. C. Porto pagou 20 milhões de euros pelo Imbula e deu um salário incrível ao Casillas. O Sporting está a pagar milhões a treinadores e jogadores. O futebol contraria qualquer situação", disse Mourinho, citado pelo jornal britânico "The Guardian".
A estagiar em Montreal, no Canadá, Mourinho abordou de forma mais ampla o mercado de transferências, que este ano parece querer voltar a bater recordes.
"Vejam o dinheiro que pagaram pelo Sterling", que trocouo o Liverpool pelo Manchester City, por 49 milhões de libras (cerca de 70 milhões de euros). "Mas vai ser pior para o ano. Alguém vai chegar aos 60 milhões de libras (86,3 milhões de euros)", comentou José Mourinho.
"O futebol é assim. Numa época fala-se de fair-play, na seguinte fala-se das formas de como o contornar. Não me aborrece... Estou feliz com a forma como estamos a trabalhar e com o desafio de contrariar este poder", disse José Mourinho, que desde que regressou ao Chelsea, há um ano, também se debate com alguma moderação do presidente Abramovich, que ficou conhecido por esbanjar milhões em jogadores durante vários anos.
Fonte: aqui


O texto e o contexto
Concordo com o texto.  Portugal "é um país com muitos problemas: sociais, políticos, económicos. É um país com problemas, as pessoas estão a sofrer, houve muitos cortes, os mais velhos têm problemas com as reformas, os impostos são altos, há problemas de salários, emprego, tudo."
É realmente chocante que um país nesta situação gaste carradas de milhões de euros em aquisição de passes de jogadores. Toda a razão, Mourinho.
Já o contexto.... Sabendo das relações de Mourinho com o atual treinador do Sporting e com Casillas, o guardião que assinou pelo Porto, a pulga fica atrás da orelha...
Por outro lado, Mourinho não é conhecido por ser um treinador poupado no que toca a aquisições. Tirando o Porto onde fez maravilhas com um plantel barato,  nos outros clubes por onde passou gastou "à tripa forra" em aquisições. E nos países desses clubes não havia/há situações humanas degradantes!?
Pois é. Uma coisa é o texto, outra é o contexto...

Sem comentários: