sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Recordações de férias



A imagem pode conter: oceano, céu, ar livre e natureza
Um mar de algas
A imagem pode conter: planta, relva, ar livre e natureza
O camaleão
A imagem pode conter: oceano, céu, ar livre e natureza
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, oceano, céu, planta, árvore, ar livre, natureza e água
Cacela Velha
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e interiores
Eucaristia em Cacela
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e ar livre
Castelos na areia
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, céu, ar livre e natureza
No fim da Eucaristia campal
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, oceano, praia, ar livre, água e natureza
A noite, o luar e o mar
A imagem pode conter: céu, lusco fusco, oceano, ar livre e natureza
O nascer do Sol
A imagem pode conter: oceano, céu, ar livre, água e natureza
A imagem pode conter: céu, oceano, praia, nuvem, ar livre e natureza
O mar é desafio e descanso
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, montanha, ar livre e natureza
Atravessando a Ria Formosa

A piscina que dá um aspeto fresco à casa

Com os companheiros de férias
Resultado de imagem para praia da manta rota
Praia muito familiar
A imagem pode conter: fogo-de-artifício e noite
Resultado de imagem para praia da manta rota
Festa de São João da Degola e "banho santo"


Uns dias de descanso. Com familiares.
Ressalto:
- O  meu  agradecimento pela forma como fui tratado, o acolhimento, o cuidado e a gratuitidade. Obrigado.
- A muita gente que se movimentava naquele local, uma praia tipicamente familiar.
- A temperatura sempre agradável da água.
- As férias  de Deus que tanta gente faz! Multidões na praia. Pouca gente nas Eucaristias dominicais. Penso que o Algarve, especialmente no Verão, deveria merecer um empenhamento da Igreja que está em Portugal. A diocese algarvia, por si só, não terá possibilidades de dar as respostas pastorais necessárias. Congregações religiosas, movimentos juvenis, grupos cristãos, sacerdotes de outras dioceses, seminários, pastoral familiar… muito poderiam fazer em prol da dinamização pastoral que esta avalanche de pessoas precisa.
- A carestia de vida na zona algarvia e o demasiado tempo de espera em restaurantes e  noutros locais
concorridos.
- Cada vez mais gente a passear e a correr à beira da água. Normalmente em grupo. Bom.
- O acentuar dos cuidados paternos em relação aos filhos pequenos. Pai transporta, pai cuida, pai brinca enquanto a mãe descansa ou conversa com amigas. Há 50 anos isto era impensável. Afinal há mudanças positivas…
- A paz que se sentia. Não me apercebi de qualquer desacato. Ótimo.

Sem comentários:

Publicar um comentário